Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Arquitetura para viver a cidade

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
O que é praticar a cidadania em uma metrópole como Porto Alegre? Como compreender os códigos de uma cidade que parece estar cada vez mais desconectada das pessoas que vivem nela? Que papel a arquitetura tem nesse processo? É com estas – e muitas outras – dúvidas que o presidente da secção gaúcha do Instituto dos Arquitetos do Brasil, Rafael Passos, pretende abrir o 21º Congresso Brasileiro de Arquitetos, no próximo dia 9 de outubro, quarta-feira. Para ele, debater conceitos como “espaço” e “democracia”, que são temas do evento realizado pelo IAB e com correalização do CAU/RS, é a saída para promover a educação urbana capaz de tornar as cidades mais plurais e acessíveis.

Segundo Passos, um dos pontos centrais desse debate é a noção de espaço, relativizada em um mundo em que as fronteiras estão em constante tensão. A demanda por espaços públicos e privados é cada vez mais decisiva para a vida das comunidades que compartilham os ambientes urbanos – daí a relevância da sua discussão.

– Por isso decidimos levar o Congresso para a rua, para fora de um único centro de eventos. Queremos trazer as pessoas para o debate em torno da cidade, em que um dos temas centrais é justamente o papel da arquitetura nesse novo momento – explica Passos, ao comentar os locais que sediarão as atividades do Congresso, como a Praça da Alfândega, o Multipalco, a Casa de Cultura Mário Quintana e o Largo Glênio Peres.

Compreender a arquitetura como parte da cultura de uma sociedade também é, de acordo com Passos, um dos desafios do evento. Para além dos conjuntos arquitetônicos considerados patrimônio histórico, a arquitetura contemporânea também é uma construção cultural na medida em que possibilita o diálogo da sociedade com a cidade, gerando cidadania.

– Fazer arquitetura não é somente construir prédios de padrão comercial. É interferir no ambiente das cidades. É um movimento cultural – afirma.

Para promover esse debate amplo e plural, o Congresso tem grande parte da sua programação aberta ao público. Todas as atividades da Feira de Arquitetura, que ocorre na Praça da Alfândega, e da programação cultural, com atrações musicais e teatrais, podem ser conferidas gratuitamente. As dez atrações da programação cultural contam com patrocínio da Sulgás e financiamento da Lei de Incentivo à Cultura – PróCultura RS – Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul. Passos destaca a conferência de abertura, denominada Espaço e Democracia, que será presidida pela arquiteta Ermínia Maricato, que deverá falar sobre temas como cidades, ambiente, memória e cultura. O evento gratuito ocorre às 19h, no Auditório Araújo Viana, com distribuição de senhas a partir das 16h.

Uma praça aberta – também – para a arquitetura
Fazer da Praça da Alfândega o ponto central do 21º Congresso Brasileiro de Arquitetos, com a realização da Feira de Arquitetura entre as sombras das velhas árvores, tem uma simbologia especial. Além de ter sido o marco inicial das restaurações promovidas pelo programa Monumenta em Porto Alegre, cuja coordenadora foi a arquiteta Briane Bicca, homenageada no evento, a praça também sedia outras feiras muito queridas para os gaúchos, como a Feira do Livro.

Segundo o presidente do IAB-RS, Rafael Passos, a intenção é fazer com que as pessoas convivam com a arquitetura de forma natural e orgânica, da mesma forma como convivem com os livros na época da Feira.
– As pessoas gostam de ir na Feira do Livro para comprar livros, é claro, mas também gostam apenas de estar ali, entre as bancas, acolhidas pela praça. Se elas se sentirem acolhidas também pela arquitetura no mesmo espaço, teremos dado um grande passo – completa.

Para mais informações, acesse: http://www.21cba.com.br
|facebook.com/21congressobrasileirodearquitetos | instagram @21cba

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Lago Joaquina Rita Bier será requalificado em concurso de arquitetura

Importante espaço histórico do município, o Lago Joaquina Rita Bier será requalificado por meio de um concurso público nacional de arquitetura que está sendo promovido pela Prefeitura de Gramado com organização do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul (IAB/RS). A iniciativa conta com atuação das secretarias de Planejamento, do Meio Ambiente e da Cultura. A coletiva de imprensa de apresentação do certame ocorreu nesta sexta-feira (15), no próprio Lago.

Leia Mais →

Gramado anuncia Concurso de Projeto de Arquitetura para requalificar entorno do Lago Joaquina Rita Bier

Atenção arquitetos de todo o Brasil, preparem suas equipes, pois a Prefeitura de Gramado (RS) realizará na próxima sexta-feira (15/09), coletiva de imprensa para o anúncio oficial do concurso público de arquitetura e urbanismo, com o objetivo de selecionar as melhores propostas para a requalificação do entorno do Lago Joaquina Rita Bier. O certame terá abrangência nacional e ocorrerá em parceria com o Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul (IAB RS).

Leia Mais →

Outras Notícias

Núcleo Hortênsias do IAB/RS participa de encontro com o governador para falar sobre o Parque do Palácio

O tradicional Parque do Palácio, em Canela, na Serra Gaúcha, vem sendo tema de debates entre a prefeitura e entidades ligadas ao urbanismo e ao meio ambiente. A discussão retoma uma pauta antiga, que trata sobre a construção de um centro de eventos dentro do local, afetando importantes biomas que compõem a região. O núcleo Hortênsias do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Rio Grande do Sul (IAB/RS), comunidade e autoridades participaram de uma audiência com o governador do Estado, Eduardo Leite, para solicitar maior atenção para o debate e apresentar um estudo ambiental.

Leia Mais →

Nota Pública: Prédio de 98,4m no Centro Histórico revela uma cidade sem rumo e sem respeito ao patrimônio cultural

O Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul (IAB-RS) se soma ao debate dos últimos dias acerca do lançamento do empreendimento das empresas Melnick e Zaffari, no Bairro Centro Histórico, da capital gaúcha. O edifício de 98,4m no nível da Rua Duque de Caxias será o mais alto no skyline da região.  Ainda que tenha 8m a menos que o Edifício Santa Cruz, o nível da Rua Duque de Caxias se localiza 30m acima do nível da Rua da Praia, local do prédio mais alto da cidade.

Leia Mais →

Concessão do Parque Marinha foi tema de debate no IAB-RS

O modelo de concessão do Parque Marinha do Brasil para a iniciativa privada foi tema de um debate promovido pelo Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Rio Grande do Sul (IAB/RS), como parte da programação do IAB nas Quartas. Participaram do evento o mestre em planejamento urbano pela UFRGS, Rogério Malinsky, o ex-diretor da FAUPUCRS e ex-presidente do IAB-RS, Ivan Mizoguchi, e o arquiteto, ex-presidente da Agapan e especialista em análise de impactos ambientais pela UFAM, Francisco Milanez. A mediação foi realizada pela arquiteta e urbanista e co-presidente do IAB/RS, Nathalia Danezi. O evento foi uma promoção conjunta do IAB/RS, ATUAPOA e Agapan.

Leia Mais →

IAB-RS inaugura fachada do Solar em comemoração com a cidade

Após um longo período de restauro, o público pôde conferir de perto no último sábado (19/08) a imponência da construção do Solar Conde de Porto Alegre, atual sede do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Rio Grande do Sul (IAB-RS). A obra que iniciou nos anos 2000 passou por diversas gestões. Depois de muitos anos coberto por tapumes, o prédio voltou a fazer parte da paisagem do Centro Histórico, na semana de comemorações do dia do patrimônio cultural. O evento contou com a participação dos componentes da direção da casa, de autoridades municipais e estaduais, e do público, que prestigiou, ainda, diversas atrações culturais.

Leia Mais →