Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Debate Público no IAB RS discute mudanças no sistema Pró-Cultura RS

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB RS) promoveu na noite da quarta-feira (07/10), o debate público “Fora dos Eixos – Kultura RS”, que abordou as novas regras do sistema estadual de financiamento à cultura, o Pró-Cultura RS.
Diante da iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura (SEDAC) de redefinir regras do Pró-Cultura RS, a proposta do IAB RS foi estabelecer alguns pontos comuns a defender, a modificar, visando avanços no sistema de incentivo à cultura.
O evento precedeu a Audiência Pública marcada pela SEDAC para o dia 8 de outubro, no Auditório do Centro Administrativo Fernando Ferrari.

Confira algumas considerações e recomendações discutidas no evento, no sentido de contextualizar esta iniciativa no atual quadro estrutural da política cultural nacional e estadual:

–  O Estado do Rio Grande do Sul conta hoje com um Sistema Estadual de Cultura, sob o marco da Lei nº 14.310 de 2013, constituído por elementos que guardam entre si uma relação de interdependência, e sustentado pela gestão democrática da política cultural. Compreendemos que propor um novo marco legal do sistema de financiamento demandaria algumas condições mínimas para sua legitimação diante deste Sistema e da sociedade gaúcha.
– Uma dessas condições diz respeito à existência formal de um Plano Estadual de Cultura, que estabelece as diretrizes das políticas culturais do RS para os próximos dez anos, e do qual o sistema de financiamento é um instrumento para sua implementação. Considerando-se que este plano, produto de um processo democrático que inclui as conferências de cultura, aguarda sua aprovação junto à Assembleia Legislativa, entendemos necessária sua aprovação previamente a quaisquer alterações no sistema de financiamento, a fim de que este venha a atender as diretrizes nele definidas. O próprio PL indica, no Art. 7º que “a alocação de recursos públicos estaduais destinados às ações culturais deverá observar as diretrizes estabelecidas no Plano Estadual de Cultura”.
– Outra condição fundamental diz respeito à ampliação do processo democrático-participativo para instituição de um novo marco legal do Sistema Pró-Cultura. Acreditamos piamente que sua legitimidade social e política, baseada no Sistema Estadual de Cultura, demanda submeter sua elaboração ao processo de conferências municipais e estadual.
– Manifestamo-nos favoráveis ao aprimoramento do marco legal do Sistema Pró-Cultura desde que sejam atendidas as condições supracitadas. O estabelecimento de uma política de Estado não pode incorrer em precipitações, colocando em risco a legitimidade social e política da qual goza atualmente.
– Propomos que neste momento seja promovida apenas a revisão da atual Instrução Normativa do Sistema Pró-Cultura, visando, estabelecer as mudanças mais urgentes dentro das possibilidades e limites deste instrumento.
IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

COMUNICADO DO IAB RS SOBRE O ESTADO DE CALAMIDADE CLIMÁTICA

O momento é grave e compreendemos que enquanto Instituto temos um trabalho de articulação de impacto a médio prazo, sendo provocadas e estruturadas redes que auxiliem nas questões habitacionais e de reestruturação das cidades, com projetos que considerem os riscos e impactos que os eventos climáticos tem gerado em nossas cidades, de modo mais frequente e de maior intensidade. Compreendendo a sensibilidade das questões ambientais, com a natureza impondo seus limites, frente às ocupações urbanas.

Leia Mais →

Outras Notícias

Nota pública em apoio às familias atingidas pelas enchentes no RS

O IAB-RS manifesta solidariedade às famílias atingidas pelas inundações e enchentes no Rio Grande do Sul. Os eventos de chuvas extremas estão se mostrando uma realidade com recorrência no nosso estado. O momento pede a soma de esforços de todos os setores da sociedade para ajudar aqueles que estão em situação de vulnerabilidade.

Leia Mais →

IAB RS participa da 178ª reunião do COSU

O correu em Aracaju, nos dias 22 e 24 de abril, o 1º Seminário Nacional de Arquitetura e Urbanismo do estado de Sergipe (ArqUrb.SE). Na sequência, entre os dias 25 e 27 de abril, foi realizada a 178ª Reunião do Conselho Superior do IAB (COSU), com abrangência nacional. Os dois eventos foram promovidos pelo Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Sergipe (IAB-SE) com apoio do IAB Nacional. O IAB RS esteve presente na reunião.

Leia Mais →

Primeira fase da requalificação da Avenida 25 de Julho em Flores da Cunha iniciará em maio

Flores da Cunha de cara nova: a partir do mês de maio, a principal via da cidade – que conecta o município de norte a sul – será requalificada. A iniciativa da administração municipal iniciou ainda em 2021, com o lançamento do Concurso Público Nacional “Avenida 25 de Julho”, realizado em parceria com o IAB RS, e apoio do CAU/RS e da ABAP, e resultou em um novo projeto estético e funcional para a Avenida 25 de Julho. Em função das chuvas, a prefeitura informou que a cerimônia de início da obra, com o lançamento da Pedra Fundamental, foi adiada, e nova data será divulgada em breve.

Leia Mais →

50 anos do retorno da democracia em Portugal e colônias africanas é celebrado com exposição no IAB RS

Em 25 de abril de 1974 Portugal retomava o regime democrático, após um longo período de ditadura iniciada em 1933. A chamada Revolução dos Cravos é relembrada, 50 anos depois, por meio de uma exposição organizada pelo Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Rio Grande do Sul (IAB RS) e a ADUFRGS Sindical, com apoio do Consulado Português, e curadoria de Airton Cattani e Daniela Fialho, que colecionou 47 cartazes de manifestações distribuídos nas ruas no período da revolução. A exposição segue aberta no Solar do IAB (Rua General Canabarro 363, Centro Histórico, em Porto Alegre), com visitação gratuita de segunda a sexta-feira, das 10h às 12h, e das 14h30 às 17h, até o dia 24 de maio.

Leia Mais →