Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

IAB RS apoia a Chapa 3 nas eleições do CAU

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Um Conselho é autarquia pública, portanto uma instituição do Estado, o qual delega aos profissionais a proteção da sociedade ante eventuais práticas lesivas efetuadas por algum dos profissionais nele registrados. Deve ainda coibir o exercício ilegal da profissão, e garantir que toda a cadeia produtiva atue dentro dos limites estabelecidos pela Lei e pelo Código de Ética por ele determinado.

Tais objetivos essenciais são cumpridos a partir de ações como a fiscalização do exercício profissional, mas não unicamente. Há muito mais a fazer, em prol tanto da profissão que regulamenta, quanto da sociedade que o autoriza. Promover a Arquitetura e Urbanismo e demonstrar à sociedade, ao Estado e ao mercado sua importância estratégica para o melhor desenvolvimento da Nação, sua sociedade e seu território, é imperativo ao CAU. Esta ação alcançará maior eficácia se levada a cabo de forma complementar com as entidades de arquitetos e urbanistas e em colaboração com o conjunto dos profissionais.

O CAU deve priorizar também a melhoria das condições materiais e imateriais de trabalho em todos os setores (público, privado, empresarial, acadêmico, entre outros), a ampliação do mercado e a qualificação da formação profissional em todos os níveis. Implantar estratégias de divulgação da Arquitetura e Urbanismo e seu papel para a qualidade de vida e o desenvolvimento sustentável é fundamental para que retomemos o protagonismo na tomada das decisões no âmbito tanto do mercado quanto na gestão e no planejamento das cidades brasileiras.

Atuar para a promoção e efetividade de políticas públicas de Assistência Técnica à Habitação das populações pobres de modo integrado às demais políticas territoriais (regularização fundiária, qualificação urbana, oferta de serviços e infraestrutura) é outra tarefa prioritária. Esta é uma das principais contribuições da arquitetura e urbanismo para o combate às desigualdades socioespaciais que afligem nossas cidades. Além disso, é fundamental para ampliarmos nosso campo de atuação, posto que estamos alcançando índices de profissionais por habitantes semelhantes a países como Inglaterra, Estados Unidos e França, mas nossas atividades estão restrita a apenas 15% da população, conforme demonstra pesquisa realizada pelo CAU através do Instituto Datafolha.

Um Conselho capaz de levar a frente tais tarefas não se constrói da noite para o dia. É necessário conjugar experiência, competência e inovação. A "Chapa 3 – Profissionais para Realizar" tem propostas elaboradas a partir de décadas de acúmulo de debate e construção junto às entidades associativas, em especial o IAB RS. Este legado é representado pela experiência de colegas comprometidos com a arquitetura e urbanismo tanto nas entidades, quanto na prática cotidiana da profissão. Soma-se a esta experiência as ideias de jovens profissionais que atuam em diversas áreas e em diferentes regiões do Rio Grande do Sul. Um grupo amplo, identificado pela diversidade e comprometido com um Conselho de Arquitetura e Urbanismo atuante, inovador, ético, plural, independente e apartidário.
 

         O IAB RS apoia a Chapa 3. No próximo dia 31 de outubro apoie você também, vote Chapa 3 – Profissionais para Realizar!
Acesse o facebook da Chapa 3 e saiba mais:
https://www.facebook.com/ Chapa3CAURS/

Visite o site e conheça a plataforma:
http://chapa3caurs.com.br/ site/plataforma/

Conhela os currículos dos 42 candidatos:
http://chapa3caurs.com.br/ site/integrantes/

Assista ao vídeo dos apoiadores da Chapa 3 em todo o Rio Grande do Sul: https://goo.gl/uaMxs6

CHAPA 3
PROFISSIONAIS PARA REALIZAR
O CAU que a profissão exige
O CAU que os profissionais merecem
O CAU que a sociedade necessita
 

#chapa3caurs
#profissionaispararealizar
#estoucomachapa3
#EleiçõesCAURS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Outras Notícias