Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

IAB RS organiza financiamento coletivo para realização do concurso Memorial às vítimas da boate Kiss

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB RS) teve a aprovação da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobrevivente da Tragédia de Santa Maria (AVTSM) e representantes da prefeitura do município para realizar o concurso para a construção do memorial no prédio onde funcionava a boate Kiss.

No encontro realizado no dia 02 de junho ficou definido que o concurso vai ser viabilizado através de financiamento coletivo que gira em torno de R$ 150 a 250 mil. Em julho começará a captação dos recursos, com encerramento previsto para setembro.

De acordo com Rafael Passos, presidente do IAB RS, os gastos envolvem custos diretos e técnicos para a elaboração do concurso como por exemplo, inscrição, comissão julgadora, transporte, seminários, publicação impressa e na web, premiação entre outras despesas que vão ser publicadas em breve.

O lançamento oficial do concurso com a publicação do edital está programado para a segunda quinzena de outubro. Vai ser um concurso nacional, mas com possibilidade que arquitetos de todo o país enviem as propostas.Em agosto vão ocorrer dois seminários preparatórios para o concurso, no primeiro os arquitetos do IAB vão explicar no que consiste um memorial para os familiares das vítimas e para entidades que vão ser convidadas a participar dos encontros.


No segundo, o espaço vai ser aberto para que expor ideias de como a maior tragédia do Rio Grande do Sul deve ser lembrada.

A intenção é que quando o incêndio na casa noturna completar 5 anos seja anunciado o vencedor do concurso. A expectativa é que em 2019 a obra seja finalizada. Na reunião ficou decidido que Associação vai ser a promotora do concurso, quem toda as decisões finais, o Instituto de Arquitetos do Brasil é o organizador do concurso e a prefeitura de Santa Maria co-promotora.


A secretária municipal de Educação Lúcia Madruga estava representando o prefeito, Jorge Pozzobom na reunião. Segundo ela, o executivo segue trabalhando na desapropriação do imóvel, o compromisso assumido foi até o dia 30 de junho.

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Outras Notícias