Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

IAB-RS encerra o Ciclo de Artes Visuais de 2013 com quatro exposições

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul, promove a abertura de 4 exposições, que integram o último ciclo de artes visuais da galeria Espaço IAB em 2013. O coquetel será realizado dia 18 de dezembro, a partir das 19h30. As mostras ficam disponíveis para a visitação do público de 19 de dezembro a 24 de janeiro de 2014, das 14:30 às 20h, na sede da instituição (General Canabarro, 363).
Ao todo foram 16 mostras realizadas com a curadoria de Adriana Xaplin e Vinicius Vieira no ano de 2013. No mês de janeiro será lançado o edital de ocupação para o ano de 2014. Para o último ciclo do ano foram selecionados trabalhos de fotografia, escultura e ilustrações em aquarela.
Para saber mais sobre as exposições e o histórico da galeria acesse galeriaespacoiab.blogspot.com.
NA SALA NEGRA: PICTÓRICAS, de  Kin Viana.
A exposição Pictóricas traz elementos da pintura e do abstrato para a fotografia, utilizando conceitos dopictorialismo: um movimento que iniciou logo depois da descoberta da Fotografia, agregando à obra composiçao, equilíbrio, contraste,  unidade, repouso e harmonia. Kin Viana começou a fotografar no inicio dos anos 90 inspirado pelo cinema fantástico, depois de trabalhar em um estúdio fotográfico. Também atuou em diversas áreas de expressao artisticas, como na produçao de teatro e na arquitetura. Os estudos que culminam nessa exposição individual iniciaram no ano de 2009, quando começou pesquisa das imagens pictóricas a estrutura do não foco, dialogando com esculturas publicas, com os figurativos, com o movimento e com a luz.
NA SALA ANEXA: AQUARELAS, de Joaquim da Fonseca
Joaquim da Fonseca é artista plástico, designer gráfico e professor universitário. Nasceu em Alegrete, RS, em 1935. Graduou-se em Artes Plásticas pelo Instituto de Artes da UFRGS (1960) e concluiu sua pós-graduação na Escola de Comunicação Visual (MFA – Mestrado) da Syracuse University, Estados Unidos, em 1983. Expressa-se principalmente por meio do desenho e da pintura (aquarela), tendo realizado várias exposições individuais e participado de mostras coletivas e salões. É autor, co-autor e tradutor de mais de vinte livros, dentre os quais se destacam livros de viagem a capitais do mundo, parte deles escritos em parceria com Luis Fernando Veríssimo. Professor adjunto aposentado do Departamento de Comunicação da UFRGS, atuou também como docente no Curso de Design do Centro Universitário UniRitter, de Porto Alegre. Desde o ano de 2009 reside em Brasília, dedicando-se na produção de aquarelas. Sua preferência especial é a paisagem. Nos últimos anos realizou diversas exposições e em abril de 2012, a convite da assessoria de cultura da Câmara dos Deputados, apresentou no Palácio do Congresso de Brasília uma exposição de 33 aquarelas tendo como motivo o aniversário da cidade. A mesma exposição teve continuidade no Gabinete da Vice-Presidência da República, no Palácio do Planalto, de junho a setembro de 2012. Na galeria Espaço IAB, a sinalização dos lugares e monumentos da memória da cidade de Porto Alegre está identificada com ilustrações de Joaquim da Fonseca, mostrando como eram originalmente esses locais. As aquarelas da exposição resultaram de viagens recentes pelo Brasil, Inglaterra, Alemanha e Estados Unidos.
NA SALA DO ARCO: INTERDEPENDÊNCIA, de Tridente
As relações entre indivíduos e causas são retratadas dentro do universo de Tridente que, para a sua quarta mostra individual projetou portais de passagem entre dimensões. O fluxo intenso entre os universos se dá pela busca comum às lâminas que destroem a um só toque as negatividades, busca motivadora das interdependências. Tridente segue os estudos iniciados há cinco anos com o reaproveitamento de resíduos urbanos que meticulosamente se amontoam dando origem à assemblagens e esculturas que destoam das formas originais dos descartes formando objetos hibridos pra lá de instigantes com sutis toques de provocação à existência contemporânea.
NA CIRCULAÇÃO: + GRAVETOS ARMADOS, de Antônio Augusto Bueno
Para essa intervenção Antônio Augusto construirá uma suposta nova porta de entrada repleta de gravetos em frente à entrada do antigo Solar Conde de Porto Alegre, atual sede do IAB RS. Essa intervenção dá continuidade ao projeto “Gravetos Armados”.  Entre outras montagens desse projeto destacam-se: “Gravetos Armados” no MAC RS, Galeria Iberê Camargo, Museu Histórico de Santa Catarina, Paço Municipal de Porto Alegre, Entrada da Usina do Gasômetro, Casa de Cultura Mário Quintana… O projeto “Gravetos Armados” recebeu duas indicações na categoria escultura do Prêmio Açorianos de Artes Plásticas de 2012 e 2013.
As Quartas no IAB têm o patrocínio da Caixa Econômica Federal
IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Na mídia: IAB RS participa de reportagem da Folha de São Paulo sobre reconstrução do RS

A copresidente do IAB RS, Clarice Misoczky de Oliveira, concedeu entrevista para reportagem da Folha de São Paulo. O ponto central foi a reconstrução do RS. “A questão habitacional é mais dramática. Há municípios no Vale do Taquari, como Muçum e Roca Sales, que se desenvolveram em áreas de encostas. Cidades como Santa Tereza em que parte das casas estão em áreas de inundações. Precisamos construir com segurança”, disse.

Leia Mais →

MANIFESTO IAB RS PARA A RECONSTRUÇÃO DO RS

Considerando a enorme tragédia causada pelos efeitos da crise climática e pelo descaso do poder público com o planejamento urbano e regional sustentável na promoção de cidades justas, igualitárias e ecologicamente  equilibradas, a Comissão Cidades/IAB RS, por meio deste, manifesta a necessidade de atenção às questões referentes às diferentes escalas de planejamento, arquitetura e urbanismo para reconstrução das cidades do Rio Grande do Sul, aqui agrupadas em dois grandes grupos: (A) Planejamento Urbano e Regional e (B) Moradia Digna.

Leia Mais →

Outras Notícias

COMUNICADO DO IAB RS SOBRE O ESTADO DE CALAMIDADE CLIMÁTICA

O momento é grave e compreendemos que enquanto Instituto temos um trabalho de articulação de impacto a médio prazo, sendo provocadas e estruturadas redes que auxiliem nas questões habitacionais e de reestruturação das cidades, com projetos que considerem os riscos e impactos que os eventos climáticos tem gerado em nossas cidades, de modo mais frequente e de maior intensidade. Compreendendo a sensibilidade das questões ambientais, com a natureza impondo seus limites, frente às ocupações urbanas.

Leia Mais →

Nota pública em apoio às familias atingidas pelas enchentes no RS

O IAB-RS manifesta solidariedade às famílias atingidas pelas inundações e enchentes no Rio Grande do Sul. Os eventos de chuvas extremas estão se mostrando uma realidade com recorrência no nosso estado. O momento pede a soma de esforços de todos os setores da sociedade para ajudar aqueles que estão em situação de vulnerabilidade.

Leia Mais →