Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

ARQUITETURA CONTEMPORÂNEA NO RIO GRANDE DO SUL: MONITORAMENTO E ACERVO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A RQUITETURA CONTEMPORÂNEA NO RIO GRANDE DO SUL: MONITORAMENTO E ACERVO – ARQUITETURA DE CONCURSOS: 1984 – 2004
Em 2000 foi formado no Centro Universitário Ritter dos Reis, locado no Núcleo de Projetos do Curso de Arquitetura e Urbanismo, a equipe de pesquisa Arquitetura Contemporânea no Rio Grande do Sul: Monitoramento e Acervo, envolvendo os Departamentos de Projeto (Prof. Arq. Sergio MMarques – Coordenador da Equipe de Pesquisa e Prof. Arq. Cláudio Luiz Araújo) e de Teoria e História da Arquitetura (Prof. Arq. Maturino Luz), visando acompanhar e documentar a produção recente da arquitetura e urbanismo no Rio Grande do Sul. Desde 2003, este programa tem dedicado-se aos projetos oriundos de concursos públicos de arquitetura. A pesquisa “Arquitetura Contemporânea no Rio Grande do Sul (1984-2004) – 1° etapa: Arquitetura de Concursos”, envolve a investigação e documentação dos concursos públicos realizados no Rio Grande do Sul, entre 1984 e 2004. O foco está centrado, principalmente, em concursos públicos realizados pelo Instituto de Arquitetos do Brasil/Departamento do Rio Grande do Sul, complementando-se com projetos oriundos de certames promovidos por outras municipalidades ou entidades divididos nas seguintes categorias:

* Projetos de arquitetura premiados ou mencionados em concursos públicos de arquitetura organizados pelo Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul, no período;
* Projetos de arquitetura premiados ou mencionados em concursos públicos de arquitetura organizados por outras instituições gaúchas, no período;
* Projetos de arquitetura, de equipes gaúchas, participantes em concursos públicos de arquitetura em outros Estados do Brasil ou no exterior, no período.

Como primeiro produto, em 2003, foi produzida a Exposição “Arquitetura de Concursos no Rio Grande do Sul: 1994-2001 – Projetos Classificados em 1° Lugar nos concursos organizados pelo IAB-RS”. Essa exposição organizada em convênio com o IAB-RS, com a colaboração do arq. Iran Rosa, participou dos seguintes eventos:

* Exposição Institucional do XVII Congresso Brasileiro de Arquitetos “Arquitetura e Urbanismo face à Globalização”. RioCentro, Rio De Janeiro, mai 2003;
* Exposição na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo – UniRITTER. Espaço Le Corbusier, out 2003;
* Exposição na Faculdade de Arquitetura da Universidad de Palermo. FA-UP, Buenos Aires, dez 2003;
* Exposição no 121° COSU/IAB – “Demétrio Ribeiro”. Grande Hotel, POA, jan 2005;
* Exposição na Faculdade de Arquitetura da Univesidad De Chile – Evento BR + CH Encuentros, mai 2005.

VI BIENAL INTERNACIONAL DE ARQUITETURA DE SÃO PAULO O IAB–RS a partir de comissão constituída pelos arquitetos Albano Volkmer (presidente), Tiago Holzmann (Vice-presidente) e Sergio MMarques (Conselheiro Estadual) para organização da exposição institucional do IAB-RS na Bienal de São Paulo, definiu por enviar, através de convênio com a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Ritter dos Reis – FAU-UniRitter, a exposição “ARQUITETURA DE CONCURSOS: 1984-2004 – Projetos Classificados ou mencionados nos concursos organizados pelo IAB – RS” produzida pelo grupo de pesquisa “Arquitetura Contemporânea no Rio Grande do Sul: Monitoramento e Acervo”, constituída por 96 projetos de projetos de concursos de um total de 110 pranchas formato A-2. Nessa oportunidade, estão expostos os resultados parciais da pesquisa para a Exposição Institucional do IAB/RS na Bienal Internacional de Arquitetura, de 22 de outubro a 11 de dezembro.
EQUIPE DE PESQUISA “ARQUITETURA CONTEMPORÂNEA NO RIO GRANDE DO SUL: MONITORAMENTO E ACERVO – ARQUITETURA DE CONCURSOS: 1984 – 2004”

Prof. Arq. Sergio MMarques – Coordenador Geral (UniRitter – Núcleo de Projetos/ FA/UFRGS – IAB-RS)
Prof. Arq. Claudio L. G. Araújo (UniRitter – Núcleo de Projetos)
Prof. Arq. Maturino Luz (UniRitter-LHTA)
Acad. Alice Ciriaco (PROBIC-FAPERGS-UniRitter) e Acad. Sabrina Kohlrausch (BIC-UniRitter)

Colaboração:

Arq. Alessandra Rambo Szekut (Ex – BIC-UniRitter)
Arq. Luciane Stürmer Kinsel (Ex – BIC-UniRitter)
Arq. Patrícia Panizzi (Ex – BIC-UniRitter)

IAB/RS

Prof. Arq. Albano Volkmer (Presidente IAB-RS / FAUFRGS)
Arq. Iran Rosa (Vice-Presidente IAB/RS)
Prof. Arq. Tiago Holzmann (Vice-Presidente IAB-RS / UniRitter)
Prof. Arq. Sergio MMarques (Conselho Estadual IAB-RS)
Arq. Clarissa Schostack (IAB-RS)
Acad. Manoela Bairros Schmidt (IAB-RS / Monitora Disciplina Arquitetura no Brasil – FA/UFRGS)

FA/UFRGS
Disciplina Arquitetura no Brasil
Prof. Arq. Albano Volkmer
Acad. Manoela Bairros Schmidt (IAB-RS / Monitora Disciplina Arquitetura no Brasil – FA UFRGS)

Trabalho Final de Graduação – Nucleo de Projetos
Cláudio L Araújo(coord.) – Júlio R Collares – Marta Peixoto – Sergio M Marques (coord.)
Monitoras: Amanda Mendes
Centro Universitário Ritter dos Reis – UNIRITTER
Curso de Arquitetura e Urbanismo
Av. Orfanotrófio 555 – Alto Teresópolis, CEP: 90840-440 Porto Alegre/RS
Fone: (51) 32303333 Ramal:7310 – Fax: (51) 32330444
e-mail: nucleo@ritterdosreis.br site: www.ritterdosreis.br

IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Nota pública: Suspensão da urbanização da Fazenda do Arado

A fazenda do Arado é patrimônio ambiental, arqueológico, histórico, cultural, arquitetônico e paisagístico de Porto Alegre, constituindo-se de uma zona primordial para manutenção de espécies da fauna e da flora, sujeita a enchentes e alagamentos por encontrar-se abaixo da cota de inundação do Guaíba. A zona serve como espaço de extravasamento natural do Guaíba, importante de ser preservado. O IAB RS reitera a necessidade de atenção máxima por parte dos governantes, sociedade civil, entidades e instituições às questões ambientais e suas relações com a cidade.

Leia Mais →

Na mídia: IAB RS participa de reportagem da Folha de São Paulo sobre reconstrução do RS

A copresidente do IAB RS, Clarice Misoczky de Oliveira, concedeu entrevista para reportagem da Folha de São Paulo. O ponto central foi a reconstrução do RS. “A questão habitacional é mais dramática. Há municípios no Vale do Taquari, como Muçum e Roca Sales, que se desenvolveram em áreas de encostas. Cidades como Santa Tereza em que parte das casas estão em áreas de inundações. Precisamos construir com segurança”, disse.

Leia Mais →

MANIFESTO IAB RS PARA A RECONSTRUÇÃO DO RS

Considerando a enorme tragédia causada pelos efeitos da crise climática e pelo descaso do poder público com o planejamento urbano e regional sustentável na promoção de cidades justas, igualitárias e ecologicamente  equilibradas, a Comissão Cidades/IAB RS, por meio deste, manifesta a necessidade de atenção às questões referentes às diferentes escalas de planejamento, arquitetura e urbanismo para reconstrução das cidades do Rio Grande do Sul, aqui agrupadas em dois grandes grupos: (A) Planejamento Urbano e Regional e (B) Moradia Digna.

Leia Mais →

Outras Notícias

COMUNICADO DO IAB RS SOBRE O ESTADO DE CALAMIDADE CLIMÁTICA

O momento é grave e compreendemos que enquanto Instituto temos um trabalho de articulação de impacto a médio prazo, sendo provocadas e estruturadas redes que auxiliem nas questões habitacionais e de reestruturação das cidades, com projetos que considerem os riscos e impactos que os eventos climáticos tem gerado em nossas cidades, de modo mais frequente e de maior intensidade. Compreendendo a sensibilidade das questões ambientais, com a natureza impondo seus limites, frente às ocupações urbanas.

Leia Mais →