Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Arquitetura Hospitalar foi tema na Quarta do IAB

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
O tema da Arquitetura Hospitalar foi tema da última Quarta ao Vivo no IAB, realizada no dia 12 de novembro. O evento abordou a arquitetura no sistema de saúde e também contou com apresentação de projetos com debate entre técnicos, projetistas e órgãos de aprovação.
Participaram da mesa os arquitetos Gustavo Serefin, que falou sobre Centro Obstétrico; Denise Cristina Godinho Cezar, que fez palestra sobre Rede Cegonha e Ambiência de Saúde; e Edilson Reni Pinzon que abordou o tema do Pronto Atendimento. A mediação foi do arquiteto Ednezer Rodrigues Flores, da diretoria do IAB RS.
A arquiteta Denise Cristina Godinho Cezar apresentou o projeto da rede cegonha, falando dos espaços que estão sendo reconfigurados para se adequarem ao parto seguro e humanizado. A arquiteta também falou sobre questões de construção e reforma e aquisição para casas de gestantes, do Bebê e da Puérpera, além da adequação de ambiência das maternidades, e a suficiência de leitos que atendem gestantes de alto risco, de acordo com as necessidades loco regionais.  “A produção de espaços saudáveis estão sendo feitos, não pensamento só na estrutura física, mas como espaços de convivência e inter-relacionamento com trabalhadores, gestores e pacientes, proporcionando atenção acolhedora, resolutiva e humana” informou a arquiteta.
Para o arquiteto Ednezer Rodrigues Flores, mediador do evento, o conceito de parto normal, por exemplo, é antigo. A aceitação é moderna. Para ele, o fato de como vencer essa barreira de transformação e necessidade de intervenção é muito difícil. “Hoje quem faz gestão enfrenta essa barreira. No ponto específico de recém nascidos, por exemplo, requer uma tomada de decisão muito importante para o gestor, na hora de fazer um centro obstétrico, levando em consideração a demanda, bom planejamento e dimensionamento”, destacou Ednezer.
De acordo com o arquiteto Gustavo Serefin, para projetar uma unidade de saúde, é preciso atender as normas da RDC 36/2008, considerar o conforto do paciente e a humanização do ambiente. Para ele, a presença de um acompanhante da gestante, por exemplo, altera muito o projeto do arquiteto. “Temos que pensar em um espaço adequado para essa pessoa, para que ela não atrapalhe a equipe médica”, disse Serefin.  Ele também falou da importância de ser ter um bom fluxo do Centro Obstétrico com as demais unidades, como UTI, posto de enfermagem e atendimento médico. Além disso, apresentou a planta baixa do seu projeto de TCC uma para maternidade fictícia mostrando detalhes de um quarto PPT.
O arquiteto Edilson Reni Pinzon, abordou o tema da Unidade de Atendimento Imediato, também conhecidas como Urgência ou Emergência. Pinzon destacou o resultado positivo em Canoas, município onde já desenvolveu projetos. O arquiteto explicou questões de resolutividade, como as recomendações para elaboração da unidade, de que seja, por exemplo, sempre no térreo e no extremo de uma edificação, visando uma expansão futura. Sobre fluxos externos, Pinzon falou sobre como separar acessos de urgência e emergência. “Estes espaços devem ter conexão direta com centro diagnóstico por imagem, centro cirúrgico e unidade de tratamento intensivo”, acrescentou. O arquiteto mostrou acessos de ambulâncias, urgência pediátrica, e urgência adulta, e ainda falou da setorização/zonenamento de sanitários, sala da ecografia, coleta de sangue, eletrocardiograma, curativos, sala de gesso, entre outros setores interligados.

Saiba mais sobre os palestrantes:
Denise Cristina Godinho Cézar é Arquiteta e Urbanista graduada pelas Faculdades Integradas do Instituto Ritter dos Reis (UNIRITTER) – Porto Alegre/RS; possui Pós-Graduação Lato Sensu em Arquitetura de Estabelecimentos Assistenciais de Saúde pelo Centro Universitário de Anápolis (UniEvangélica); com Especialização em Saúde Pública pela Universidade do Vale dos Sinos (UNISINOS) em parceria com a Escola de Saúde Pública/RS e a Escola Tulio Ascarelli – Roma Tre, Itália e apoio da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca – Rio de Janeiro; e é Apoiadora de Ambiência do Ministério da Saúde, formação em parceria do MS/HumanizaSUS/QualiSUS Redes.
Gustavo Serefin é formado na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul em agosto de 2006. Pós-graduado em arquitetura hospitalar pela faculdade Newton Paiva, Belo Horizonte e em sustentabilidade pela Politécnica da Catalunha, Espanha. Se especializou em reuso de água pela USP e em energias renováveis pela CAT, no País de Gales. Sua especialização em gerência de projetos, pela FGV, vem ajudando a ter obras mais organizadas e melhor planejadas.
Edilson Reni Pinzon é especialista em Arquitetura e Engenharia de Estabelecimentos Assistenciais de Saúde pelo Centro Universitário Newton Paiva Pró Reitoria de Pós Graduação, e TGS Administração de Eventos Educacionais, 2013;Graduação em Arquitetura e Urbanista pela ULBRA, 1995; Servidor público municipal da cidade de Canoas/RS, atuou durante 10 anos como gestor da Unidade de Projetos Escolares. Foi gerente de projetos durante 3 anos onde desenvolveu projetos na área da educação infantil. Desenvolve trabalho na área da saúde pública municipal desde 2012. Atualmente supervisiona, desenvolve e elabora projetos de saúde como Unidade Básica de Saúde, Unidade de Pronto Atendimento, Centro de Atendimento Psicossocial e Unidade de Acolhimento, dentre outras no município de Canoas.
IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

COMUNICADO DO IAB RS SOBRE O ESTADO DE CALAMIDADE CLIMÁTICA

O momento é grave e compreendemos que enquanto Instituto temos um trabalho de articulação de impacto a médio prazo, sendo provocadas e estruturadas redes que auxiliem nas questões habitacionais e de reestruturação das cidades, com projetos que considerem os riscos e impactos que os eventos climáticos tem gerado em nossas cidades, de modo mais frequente e de maior intensidade. Compreendendo a sensibilidade das questões ambientais, com a natureza impondo seus limites, frente às ocupações urbanas.

Leia Mais →

Nota pública em apoio às familias atingidas pelas enchentes no RS

O IAB-RS manifesta solidariedade às famílias atingidas pelas inundações e enchentes no Rio Grande do Sul. Os eventos de chuvas extremas estão se mostrando uma realidade com recorrência no nosso estado. O momento pede a soma de esforços de todos os setores da sociedade para ajudar aqueles que estão em situação de vulnerabilidade.

Leia Mais →

Outras Notícias

IAB RS participa da 178ª reunião do COSU

O correu em Aracaju, nos dias 22 e 24 de abril, o 1º Seminário Nacional de Arquitetura e Urbanismo do estado de Sergipe (ArqUrb.SE). Na sequência, entre os dias 25 e 27 de abril, foi realizada a 178ª Reunião do Conselho Superior do IAB (COSU), com abrangência nacional. Os dois eventos foram promovidos pelo Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Sergipe (IAB-SE) com apoio do IAB Nacional. O IAB RS esteve presente na reunião.

Leia Mais →

Primeira fase da requalificação da Avenida 25 de Julho em Flores da Cunha iniciará em maio

Flores da Cunha de cara nova: a partir do mês de maio, a principal via da cidade – que conecta o município de norte a sul – será requalificada. A iniciativa da administração municipal iniciou ainda em 2021, com o lançamento do Concurso Público Nacional “Avenida 25 de Julho”, realizado em parceria com o IAB RS, e apoio do CAU/RS e da ABAP, e resultou em um novo projeto estético e funcional para a Avenida 25 de Julho. Em função das chuvas, a prefeitura informou que a cerimônia de início da obra, com o lançamento da Pedra Fundamental, foi adiada, e nova data será divulgada em breve.

Leia Mais →

50 anos do retorno da democracia em Portugal e colônias africanas é celebrado com exposição no IAB RS

Em 25 de abril de 1974 Portugal retomava o regime democrático, após um longo período de ditadura iniciada em 1933. A chamada Revolução dos Cravos é relembrada, 50 anos depois, por meio de uma exposição organizada pelo Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Rio Grande do Sul (IAB RS) e a ADUFRGS Sindical, com apoio do Consulado Português, e curadoria de Airton Cattani e Daniela Fialho, que colecionou 47 cartazes de manifestações distribuídos nas ruas no período da revolução. A exposição segue aberta no Solar do IAB (Rua General Canabarro 363, Centro Histórico, em Porto Alegre), com visitação gratuita de segunda a sexta-feira, das 10h às 12h, e das 14h30 às 17h, até o dia 24 de maio.

Leia Mais →

Na mídia: Diretora adjunta de comunicação do IAB RS, Karolina Silva participou de bate-papo sobre mobilidade e mudanças climáticas, na TVE

O tema mobilidade urbana e mudanças climáticas, cada vez mais urgente em todas as esferas de debate, foi tema do programa Rodar, da TVE RS, apresentado por Pati Salvadori, na noite do dia 25 de abril. O bate-papo contou com a presença da diretora de comunicação adjunta do IAB RS, karolina Silva, e da ciclista e ativista Carol Strüssmann.

Leia Mais →