Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Assembléia Geral Federação Pan-americana de Associações de Arquitetos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Participaram da reunião representantes da Colômbia,Venezuela, Argentina, Equador, Uruguai, Cuba, Guadalupe, Costa Rica, EUA, México, Nicarágua, Honduras, Uruguai e Brasil, que esteve representado por João Suplicy e pelos membros honorários vitalícios Francisco Danilo Landó e Antonio Morais de Castro.

Também participaram os membros honorários vitalícios, Maurício Rivero Borrel (Vice-Presidente UIA Região III, México), Orval Sifonte (Porto Rico), Gérman Soarez (Colômbia), Fernando Ulloa (Colômbia), Alejandro Sokoloff Moreno (Colômbia) e a Presidente da UIA Louise Cox (Austrália).

A Assembléia Geral elegeu como Presidente da FPAA, Jorge Monti (Argentina), para o mandato de 4 anos, cargo ocupado de 2004 a 2008 por Gabriel Hollis Durand (EUA). Jorge Monti, arquiteto de Córdoba, venceu as eleições com 35 votos, contra 13 votos, do mexicano Pablo Garcia. Francisco Danilo Landó, indicado pelo IAB, foi eleito como Vice Presidente da FPAA para o Cone Sul.

As comissões de concurso, pratica profissional, formação e habitação deverão ter atenção especial na gestão de Jorge Monti. O Brasil coordena a Comissão de Concursos, tema da maior relevância institucional, tanto para a FPAA, quanto para o IAB. A FPAA deverá organizar mostra de arquitetura baseada nas bienais de seus paises membro, a qual deverá ser levada ao próximo Congresso da UIA, que ocorrerá no Japão em 2011.

Na Assembléia de Tegucigalpa, após 4 anos de trabalho, foi aprovada a reforma do estatuto e regulamento da FPAA, coordenados por Francisco Danilo Landó.

IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Na mídia: IAB RS participa de reportagem da Folha de São Paulo sobre reconstrução do RS

A copresidente do IAB RS, Clarice Misoczky de Oliveira, concedeu entrevista para reportagem da Folha de São Paulo. O ponto central foi a reconstrução do RS. “A questão habitacional é mais dramática. Há municípios no Vale do Taquari, como Muçum e Roca Sales, que se desenvolveram em áreas de encostas. Cidades como Santa Tereza em que parte das casas estão em áreas de inundações. Precisamos construir com segurança”, disse.

Leia Mais →

MANIFESTO IAB RS PARA A RECONSTRUÇÃO DO RS

Considerando a enorme tragédia causada pelos efeitos da crise climática e pelo descaso do poder público com o planejamento urbano e regional sustentável na promoção de cidades justas, igualitárias e ecologicamente  equilibradas, a Comissão Cidades/IAB RS, por meio deste, manifesta a necessidade de atenção às questões referentes às diferentes escalas de planejamento, arquitetura e urbanismo para reconstrução das cidades do Rio Grande do Sul, aqui agrupadas em dois grandes grupos: (A) Planejamento Urbano e Regional e (B) Moradia Digna.

Leia Mais →

Outras Notícias

COMUNICADO DO IAB RS SOBRE O ESTADO DE CALAMIDADE CLIMÁTICA

O momento é grave e compreendemos que enquanto Instituto temos um trabalho de articulação de impacto a médio prazo, sendo provocadas e estruturadas redes que auxiliem nas questões habitacionais e de reestruturação das cidades, com projetos que considerem os riscos e impactos que os eventos climáticos tem gerado em nossas cidades, de modo mais frequente e de maior intensidade. Compreendendo a sensibilidade das questões ambientais, com a natureza impondo seus limites, frente às ocupações urbanas.

Leia Mais →

Nota pública em apoio às familias atingidas pelas enchentes no RS

O IAB-RS manifesta solidariedade às famílias atingidas pelas inundações e enchentes no Rio Grande do Sul. Os eventos de chuvas extremas estão se mostrando uma realidade com recorrência no nosso estado. O momento pede a soma de esforços de todos os setores da sociedade para ajudar aqueles que estão em situação de vulnerabilidade.

Leia Mais →