Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Beto Moesch e sua luta pelas questões ambientais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Em palestra no Solar Conde de Porto Alegre, o vereador Beto Moesch (PP/RS) falou, no dia 11 de novembro, sobre “Gestão urbana e aspectos ambientais – legislação”, no projeto “Bate-papo Visão Social e IAB-RS”, com a presença do arq. José Albano Volkmer e da jornalista Cris Gumarães. O ecologista preside a Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara de Vereadores e buscou o mandato para dar continuidade ao trabalho desenvolvido na esfera estadual, por 15 anos, onde coordenou o Código Florestal e militou como advogado. Em sua trajetória, o parlamentar aprendeu que o trabalho ambiental é trandisciplinar e que o papel do arquiteto é efetuar o planejamento, tanto dos ambientes naturais quanto artificiais. Ele é o autor da lei que isenta os prédios tomados de IPTU e taxa de lixo e do ante-projeto que prevê 50% de recuo ajardinado ou arborizado, nos prédios. Na sua opinião, as energias solar e eólica deveriam ser estimuladas nas residências, com reutilização da água e diminuição do IPTU para quem apresentar alta sustentabilidade. Quanto ao Plano Diretor, lamenta que a cidade esteja transformada em um canteiro de obras e considera a 3ª Perimetral uma aberração, uma vez que separou os bairros, como a BR-116 fez com Canoas. “Por que o Plano Diretor de 1979, quando a cidade tinha menos habitantes, era mais restritivo que hoje?”, questiona ele, alertando que o grande conflito é o aumento do índice construtivo nos bairros tradicionais, que não respeitou a relação área de recuo/área construída. Para que seja instrumento do desenvolvimento de uma cidade, o Plano Diretor deve respeitar as vocações dos bairros, com tratamento diferenciado entre eles. “O PDDUA se ateve ao que pode ser construído, onde e como; não regulamentando o que deve ser preservado, e sim tratadas via carta de intenções, como o plano de circulação”, declara. Neste caso, o termo circulação é usado não apenas no sentido rodoviário, mas também para o transporte fluvial, ferroviário e ciclovias. “Como eu não vou preservar a história de nossa cidade e os ecossitemas remanescentes”, questiona. Um dos aspectos positivos, não foram regulamentados. Para finalizar, enfatizou a importância da participação da sociedade nas discussões que dizem respeito direto a sua cidade, realizadas na Câmara de Vereadores nas tardes de terça-feira, através das Comissões Permanentes e do Plano Diretor, sempre nas quintas, às 10h.

IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Documentário “Vozes da arquitetura Porto Alegrense” encerra programação de aniversário do IAB RS

O último dia da programação especial que comemorou os 76 anos do IAB RS foi marcado pela exibição do documentário “Vozes da Arquitetura Porto Alegrense”. O filme, produzido pela entidade com apoio institucional do CAU/RS, reuniu depoimentos de 19 profissionais, que falaram sobre a profissão e suas percepções envolvendo aspectos como criatividade, coletividade e outros significados. Além da exibição, foram anunciados dois editais de cultura. 

Leia Mais →

NOTA PÚBLICA

As entidades Associação dos Técnicos de Nível Superior de Porto Alegre (Astec), Instituto de Arquitetos do Brasil – Depto Rio Grande do Sul (IAB RS), Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico (IBDU), ONG Acesso Cidadania e Direitos Humanos e Sociedade de Economia do Rio Grande do Sul (SOCECON) entraram com ação ordinária a fim de denunciar irregularidades identificadas no edital e processo eleitoral do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Ambiental – Biênio 2024/2025. 

Leia Mais →

Desafios do planejamento urbano e gestão em Porto Alegre foram temas de debate no IAB RS

A relação envolvendo o setor imobiliário e a administração pública na Capital, bem como os desdobramentos da revisão do Plano Diretor e as eleições para o Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Ambiental (CMDUA), foram alguns dos tópicos abordados no debate “Planejamento Urbano e Gestão: desafios atuais e perspectivas futuras para Porto Alegre”, que ocorreu no dia 28 de março na sede do IAB RS, em Porto Alegre.

Leia Mais →

Outras Notícias

Arquiteta Enilda Ribeiro é homenageada em evento do IAB RS

Para comemorar os 76 anos do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Rio Grande do Sul (IAB RS), a entidade planejou uma série com três eventos especiais para debater a profissão, relembrar a história e preservar memórias. Na primeira atividade, a palestra “Acervos em arquitetura e urbanismo – homenagem a Enilda Ribeiro” promoveu o encontro entre o professor da FAUUSP e coordenador da biblioteca da FAUUSP, Eduardo Costa; o membro do conselho consultivo do Centro de Memória CAU/RS, José Daniel Simões; e a copresidente do IAB RS e responsável pelo projeto documental, Bruna Tavares. 

Leia Mais →

IAB RS participa do painel RS Seguro COMunidade no South Summit

A copresidente Clarice Oliveira falou sobre a importância dos Concursos Públicos de Projeto e dos processos participativos que o IAB RS vem implantando junto ao governo do Estado. Durante sua fala, destacou que “o IAB RS desenvolve concursos de projeto urbanístico integrai que tem como um pilar muito importante a participação da comunidade no processo inicial de elaboração do programa de necessidades, que vai constituir as bases do concurso público de projetos”.

Leia Mais →

Arquiteta Enilda Ribeiro é destaque na coluna Almanaque, da Zero Hora

Enilda foi uma das primeiras mulheres a ser diplomada no curso específico em Arquitetura no Rio Grande do Sul. Além e ter lutado pela criação do curso superior de graduação na URFGS, foi presidente do IAB/RS entre 1980 e 1981. “Eu gostaria muito de ter conversado, em algum momento, com ela sobre os desafios que foram enfrentados, tanto no IAB-RS quanto em nível nacional, onde ela articulou a construção de ideias e diretrizes para a formação de um conselho próprio de arquitetura e urbanismo”, declarou a co-presidente do IAB/RS, Bruna Tavares.

Leia Mais →