Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Cesar Dorfman conta memórias de Cuba na Quarta do IAB

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Um encontro com direito a bate-papo com o autor, foi realizado na noite desta quarta-feira (12/03), na sede do IAB-RS, durante a primeira edição do ano do evento “Quarta no IAB”. Ao lado de amigos e de alguns companheiros de viagem, Cesar Dorfman apresentou o livro “Havana 63”. O arquiteto gaúcho recordou passagens da “maluquice” que foi a participação do VII Congresso da União Internacional de Arquitetos, em Havana, em 1963.
A viagem de treze dias de ida e treze dias de volta foi, segundo Dorfman, uma das coisas mais importantes que aconteceu em sua vida e na de outros estudantes que embarcaram, em Santos, no navio russo com destino a Havana, em Cuba.
“Ao longo desses 50 anos, contamos com prazer, inúmeras vezes, a história da viagem a Havana. O livro não foi feito para ser um marco em relação à luta contra a ditadura. Ele foi escrito para resgatar uma história importante, vivenciada em um momento muito significativo”, afirmou Cesar Dorfman.
Havana 63 é um livro de pesquisa, de reencontros e, sobretudo, de memória. As histórias que o autor narra são fatos de que se recorda, escritos da maneira que, como julga, deveriam ser escritos. O desafio de escrever o livro não foi fácil.
Dorfman conta que quando pensou em escrever o livro, conhecia poucos arquitetos que participaram do Congresso da UIA. “Fui a Montevidéu e recolhi alguns textos que pessoas me mandaram, além das importantes trocas de e-mails com arquitetos que foram ao encontro em Cuba”, afirmou ele.
O grupo ficou muito tempo no navio. Ao todo, foram mais de 20 dias à bordo e 10 dias em Havana. “De Havana, o que mais me lembro é o discurso de Fidel Castro. A praça estava cheia de gente e ele falou por mais de duas horas”, recordou Dorfman.
IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

IAB RS retoma editais de cultura

Após uma pausa por conta das enchentes que assolaram o Rio Grande do Sul, o IAB RS está pronto para a retomada dos editais de cultura. Os contemplados no Edital Galeria Espaço IAB e no Edital de Ocupação Artístico-Cultural serão divulgados na próxima quarta-feira, 10 de julho.

Leia Mais →

Exposição “Portugal, 50 anos da Revolução dos Cravos” reabre no IAB RS

Em virtude dos efeitos da crise climática que se abateu sobre Porto Alegre e Rio Grande do Sul, a visitação da exposição “Portugal, 50 anos da Revolução dos Cravos”, inaugurada no dia 25 de abril no IAB RS, foi interrompida. A iniciativa foi reaberta no dia 3 de julho, e segue em cartaz até 31 de julho, com visitação disponível de segunda à sexta, das 10h às 12h, e das 14h30 às 17h30.

Leia Mais →

Nota de falecimento: Emil Bered

Faleceu hoje, 2 de julho, em Porto Alegre, o arquiteto e ex-presidente do IAB RS Emil Bered. As homenagens serão realizadas na capela 3 do Crematório Metropolitano, em Porto Alegre, a partir das 12h, e a cremação será às 17h.

Leia Mais →

IAB relembra manifesto contra A LGBTQIA+fobia

No encerramento do mês do orgulho LGBTQIA+, rememoramos o manifesto lançado há quatro anos pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), elaborado pelos arquitetos Natan Arend, Igor Vetyemy e Luiz Sarmento. O IAB reitera seu firme compromisso com a defesa da diferença, da liberdade e dos direitos da comunidade LGBTQIA+. Em 28 de junho, celebra-se o Dia de Luta contra a LGBTQIA+fobia, data que evoca a Revolta de Stonewall em 1969, marco inicial na resistência contra décadas de opressão e criminalização policial da comunidade LGBTQIA+.

Leia Mais →

Outras Notícias

Nota pública: Suspensão da urbanização da Fazenda do Arado

A fazenda do Arado é patrimônio ambiental, arqueológico, histórico, cultural, arquitetônico e paisagístico de Porto Alegre, constituindo-se de uma zona primordial para manutenção de espécies da fauna e da flora, sujeita a enchentes e alagamentos por encontrar-se abaixo da cota de inundação do Guaíba. A zona serve como espaço de extravasamento natural do Guaíba, importante de ser preservado. O IAB RS reitera a necessidade de atenção máxima por parte dos governantes, sociedade civil, entidades e instituições às questões ambientais e suas relações com a cidade.

Leia Mais →