Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Concurso SANTA TEREZA :: RESULTADO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

CONCURSO PÚBLICO NACIONAL
DE VALORIZAÇÃO DA PAISAGEM URBANA
DE SANTA TEREZA / RS ATA DE JULGAMENTO A Comissão Julgadora foi instalada às 14h30min do dia 15 de maio de 2004, na sede do IAB/RS, pelos Coordenadores do Concurso, arquiteta Jane de Lima Borghetti e Georgi Augusto Moraes de Moraes, sendo composta por cinco membros titulares indicados pelo IAB/RS e Prefeitura Municipal de Santa Tereza – os arquitetos: Décio Rigatti, Ana Elísia da Costa , Gederson Meotti, Guilherme Takeda, Fernando Ernesto Pasquali.
Os trabalhos de julgamento e redação desta ata foram realizados durante o dia 15 de maio de 2004.
A Coordenação do Concurso apresentou trinta e três trabalhos julgados aptos a participarem, de acordo com o estabelecido no regulamento.
Inicialmente a Comissão escolheu por unanimidade o arquiteto Décio Rigatti como seu presidente e a arquiteta Ana Elísia da Costa como sua relatora. Em seguida, a Comissão estabeleceu a dinâmica para o desenvolvimento de suas atividades, baseada na seleção individual das melhores propostas, a partir de um primeiro exame do conjunto dos trabalhos.
O júri considerou, diante da complexidade do programa, que nenhum dos trabalhos conseguiu atender integralmente ou com um mesmo nível de elaboração todos os itens estabelecidos no termo de referência do concurso. Diante disto, buscou eleger as propostas que apresentam um potencial de desenvolvimento coerente com o estabelecido no termo de referência do concurso.
Após extensos debates e análises críticas estabelecendo comparações entre as propostas, buscando identificar o ponto de equilíbrio entre os parâmetros solicitados, a Comissão, por decisão da maioria, selecionou três projetos que melhor atendem ao conjunto destes pressupostos, chegando às seguintes indicações para a premiação, bem como a indicação de menções honrosas.
A Comissão concedeu duas Menções Honrosas, sendo:
* Menção Honrosa: Inscrito n. PST 015
Pela qualidade e ousadia da proposta de intervenção na orla, criando espaços de maior interação com o rio.
* Menção Honrosa: Inscrito n. PST 005
Pela escala das intervenções, com a utilização de materiais locais e pela qualidade e modo de inserção de novos elementos construídos.

A Comissão escolheu os seguintes trabalhos como os premiados do Concurso:
* Terceiro Lugar: Inscrito n. PST 016
Neste trabalho tem destaque o tratamento da orla do rio Taquari e a criação de elementos de valorização paisagística, como as “janelas” na paisagem.
* Segundo Lugar: Inscrito n. PST 025
A proposta apresentada tem méritos relativos à: proposição de mirante para o campanário e tratamento dado à avenida Itália, nas proximidades da Praça.
* Primeiro Lugar: Inscrito n. PST 023
Esta proposta foi escolhida por atender de modo mais completo e com melhor qualidade os quesitos do concurso. Destaca-se a definição de eixos visuais ordenadores no espaço da praça, do parque e do camping, resultando na unidade compositiva do conjunto. Também é importante observar que o desafio de resolver o problema da relação entre o campanário e a igreja é resolvido de maneira sutil e reversível. O arranjo da praça é satisfatório, ao promover um espaço cívico, próximo ao campanário, espaços múltiplos bem configurados e ao articular o espaço da praça com o vale do arroio Marrecão, através de um mirante. O parque municipal e o camping dão continuidade à estrutura geral da proposta, promovendo a integração da cidade com o rio em escala e tratamento adequados. No entanto, a Comissão recomenda que, na etapa de desenvolvimento dos projetos, além de atender aos pressupostos que serão decorrentes do aprofundamento dos estudos posteriores, os seguintes aspectos devam ser adequados e/ou ajustados:
* Na praça, sugere-se: a remoção do reservatório, o sombreamento da área de recreação infantil com árvores com folhas caducas e sua proteção em relação ao tráfego de veículos;
* No conjunto, solicita-se o detalhamento dos percursos, com melhor definição de calçamentos, passeios e mobiliário urbano;
* Retoma-se o que está posto no termo de referência do concurso, onde é sugerido o uso de materiais locais para as diversas soluções a serem adotadas.

Porto Alegre, 15 de maio de 2004.

(assinam) Arq. Décio Rigatti – Pref. de Santa Tereza – Presidente da Comissão Julgadora
Arq. Guilherme Takeda – Pref. de Santa Tereza
Arq. Gederson Meotti – IAB-RS
Arq. Fernando Ernesto Pasquali – IAB-RS
Arq. Ana Elísia da Costa – IAB-RS – Relator da Comissão Julgadora
CLASSIFICADOS 1.º Lugar – Porto Alegre, RS – Titular: Arq. Gabriel Cruz Grandó
Equipe: Acad. Marcos Laurindo, Acad. Nelso Kunrath, Hist. Tânia Rossari, Arq. Lúcia Gea
2.º Lugar – Porto Alegre, RS – Titular: Arq. Vlademir Roman
Equipe: Arq. Michel Heberle, Arq. Betina Endter, Arq. Leandro Castilhos Degani, Arq. Rodrigo Poltosi Gomes de Jesus, Agron. e Acad. Arq. Patrícia Machado Flores
3.º Lugar – Porto Alegre, RS – Titular: Arq. Humberto Hickel
Equipe: Arq. Udo Mohr, Arq. Denis Hickel, Arq. Maturino S. da Luz, Arq. Paulo Cesa Filho, Eng. Agron. Lair Ângelo Baun Ferreira
Menção – Belo Horizonte, MG – Titular: Arq. Carlos Alberto Batista Maciel
Equipe: Arq. Alexandre Brasil Garcia, Arq. André Luiz Prado de Oliveira, Arq. Bruno Luiz Coutinho Santa Cecília, Acad. Arq. Fernanda Faria, Acad. Arq. Rafael Borges
Menção – São Paulo, SP – Titular: Arq. Luciano Tricárico e Arq. Emílio Yasunaga
Equipe: Arq. Fábio Nunes, Eng. Alexandre de Almeida
1º LUGAR Projeto: Arq. Gabriel Cruz Grandó (RS) :: Equipe: Acad. Marcos Laurindo, Acad. Nelso Kunrath, Hist. Tânia Rossari, Arq. Lúcia Gea

IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Documentário “Vozes da arquitetura Porto Alegrense” encerra programação de aniversário do IAB RS

O último dia da programação especial que comemorou os 76 anos do IAB RS foi marcado pela exibição do documentário “Vozes da Arquitetura Porto Alegrense”. O filme, produzido pela entidade com apoio institucional do CAU/RS, reuniu depoimentos de 19 profissionais, que falaram sobre a profissão e suas percepções envolvendo aspectos como criatividade, coletividade e outros significados. Além da exibição, foram anunciados dois editais de cultura. 

Leia Mais →

NOTA PÚBLICA

As entidades Associação dos Técnicos de Nível Superior de Porto Alegre (Astec), Instituto de Arquitetos do Brasil – Depto Rio Grande do Sul (IAB RS), Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico (IBDU), ONG Acesso Cidadania e Direitos Humanos e Sociedade de Economia do Rio Grande do Sul (SOCECON) entraram com ação ordinária a fim de denunciar irregularidades identificadas no edital e processo eleitoral do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Ambiental – Biênio 2024/2025. 

Leia Mais →

Desafios do planejamento urbano e gestão em Porto Alegre foram temas de debate no IAB RS

A relação envolvendo o setor imobiliário e a administração pública na Capital, bem como os desdobramentos da revisão do Plano Diretor e as eleições para o Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Ambiental (CMDUA), foram alguns dos tópicos abordados no debate “Planejamento Urbano e Gestão: desafios atuais e perspectivas futuras para Porto Alegre”, que ocorreu no dia 28 de março na sede do IAB RS, em Porto Alegre.

Leia Mais →

Outras Notícias

Arquiteta Enilda Ribeiro é homenageada em evento do IAB RS

Para comemorar os 76 anos do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Rio Grande do Sul (IAB RS), a entidade planejou uma série com três eventos especiais para debater a profissão, relembrar a história e preservar memórias. Na primeira atividade, a palestra “Acervos em arquitetura e urbanismo – homenagem a Enilda Ribeiro” promoveu o encontro entre o professor da FAUUSP e coordenador da biblioteca da FAUUSP, Eduardo Costa; o membro do conselho consultivo do Centro de Memória CAU/RS, José Daniel Simões; e a copresidente do IAB RS e responsável pelo projeto documental, Bruna Tavares. 

Leia Mais →

IAB RS participa do painel RS Seguro COMunidade no South Summit

A copresidente Clarice Oliveira falou sobre a importância dos Concursos Públicos de Projeto e dos processos participativos que o IAB RS vem implantando junto ao governo do Estado. Durante sua fala, destacou que “o IAB RS desenvolve concursos de projeto urbanístico integrai que tem como um pilar muito importante a participação da comunidade no processo inicial de elaboração do programa de necessidades, que vai constituir as bases do concurso público de projetos”.

Leia Mais →

Arquiteta Enilda Ribeiro é destaque na coluna Almanaque, da Zero Hora

Enilda foi uma das primeiras mulheres a ser diplomada no curso específico em Arquitetura no Rio Grande do Sul. Além e ter lutado pela criação do curso superior de graduação na URFGS, foi presidente do IAB/RS entre 1980 e 1981. “Eu gostaria muito de ter conversado, em algum momento, com ela sobre os desafios que foram enfrentados, tanto no IAB-RS quanto em nível nacional, onde ela articulou a construção de ideias e diretrizes para a formação de um conselho próprio de arquitetura e urbanismo”, declarou a co-presidente do IAB/RS, Bruna Tavares.

Leia Mais →