Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

CONCURSO UNISINOS :: Resultado da 1ª Etapa será divulgado dia 12/jan

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Unisinos e IAB-RS divulgam na segunda os primeiros selecionados no concurso arquitetônico para o Complexo de Desporto e Lazer da universidade
Na segunda-feira (12/1) serão conhecidos os três escritórios de arquitetura classificados para a etapa final do concurso público nacional de arquitetura e urbanismo para o Complexo de Desporto e Lazer da Unisinos, realizado em parceria com o Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul (IAB-RS). Os nomes serão revelados às 19h em solenidade que começa às 18h com a exposição dos 22 trabalhos inscritos (11 do Rio Grande do Sul – 9 de Porto Alegre – e 11 de outros estados). Os três selecionados continuarão na disputa, apresentando novos trabalhos, para a escolha de um projeto vencedor, que será conhecido em 8 de março.
Os participantes do concurso tiveram que criar um projeto arquitetônico para a arena multiuso e as piscinas térmicas, que terão área aproximada de 12 mil m², e uma proposta para o plano diretor de todo o Complexo de Desporto e Lazer da Unisinos, que ocupará uma área aproximada de 120 mil m², no câmpus. A remodelação da arena multiuso, através de concurso público, representa o rompimento conceitual e estético do câmpus da universidade, sendo uma oportunidade de concretizar o movimento Unicidade, que prevê parcerias para promover o desenvolvimento econômico e social da região.

Antes concebida para sediar eventos esportivos e aulas do curso de Educação Física, a arena deverá agora agregar também instalações e equipamentos que permitam a sua utilização em atividades esportivas, espetáculos artísticos e culturais, formaturas e outras festividades, comportando um público de 5 mil pessoas. O objetivo é aproximar a comunidade da universidade e privilegiar o ócio humanista, exercitar a cidadania, e promover a saúde e a qualidade de vida.

A Comissão Julgadora do concurso é composta por cinco titulares, sendo que dois são arquitetos estrangeiros. Carlos Sallaberry, da Argentina, e Thomas Sprechmann, do Uruguai, foram escolhidos pelo IAB-RS pela sua reconhecida atuação na América Latina. Sallaberry é diretor da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Palermo, Buenos Aires, tendo 35 anos de profissão. Ele tem grande experiência no desenvolvimento de projetos de arquitetura esportiva e foi o coordenador da candidatura de Buenos Aires para sede olímpica dos jogos de 2004. Foi o projetista da piscina olímpica para os Jogos Pan- Americanos de 1995, em Mar del Plata, e dos estádios de futebol de Mendoza e Rosário para a Copa Mundial de futebol de 1978. Já o arquiteto Sprechmann, de Montevideo, tem 33 anos de experiência profissional e é especialista em arquitetura complexa e de grande escala, tendo desenvolvido, principalmente, projetos de complexos hospitalares.

Os dois jurados elogiaram a iniciativa da Unisinos em escolher o novo projeto do Complexo de Desporto e Lazer através de concurso público. “Grandes projetos de arquitetura devem ser escolhidos através da participação aberta de arquitetos, pois o concurso dá lugar a uma pluralidade de idéias que permitem uma melhor escolha por quem convoca”, ressaltou Carlos Sallaberry. Thomas Sprechmann concorda com essa opinião e reforça destacando que é uma forma do setor privado e público beneficiar não só os arquitetos e o proprietário, mas toda a população, com um produto mais qualificado e de melhor nível.

Sallaberry acrescentou ainda que o concurso também é “um exercício através do qual o arquiteto desenvolve livremente suas idéias projetuais”. Sobre o convite de profissionais da América Latina para integrar a comissão julgadora ressaltou que é uma decisão acertada. “Temos uma visão limpa, livre e descompromissada para eleger o melhor projeto”.

Os demais integrantes da Comissão Julgadora são Gilberto Flores Cabral (Porto Alegre), Moacyr Moojem Marques (Porto Alegre), e o professor da Unisinos, Ronaldo Ströher. Os suplentes são Fernando Duro da Silva (professor da Unisinos) e Rogério Malinsky (Porto Alegre).
Interessados em conhecer os trabalhos inscritos no concurso poderão visitar a exposição de 13 a 16 de janeiro, na sala 82153 do Centro Administrativo da Unisinos, com horário de visita entre 10h e 16h.

Jornalista Marlene Grings
Gerência de Comunicação Unisinos

IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Nota pública: Suspensão da urbanização da Fazenda do Arado

A fazenda do Arado é patrimônio ambiental, arqueológico, histórico, cultural, arquitetônico e paisagístico de Porto Alegre, constituindo-se de uma zona primordial para manutenção de espécies da fauna e da flora, sujeita a enchentes e alagamentos por encontrar-se abaixo da cota de inundação do Guaíba. A zona serve como espaço de extravasamento natural do Guaíba, importante de ser preservado. O IAB RS reitera a necessidade de atenção máxima por parte dos governantes, sociedade civil, entidades e instituições às questões ambientais e suas relações com a cidade.

Leia Mais →

Na mídia: IAB RS participa de reportagem da Folha de São Paulo sobre reconstrução do RS

A copresidente do IAB RS, Clarice Misoczky de Oliveira, concedeu entrevista para reportagem da Folha de São Paulo. O ponto central foi a reconstrução do RS. “A questão habitacional é mais dramática. Há municípios no Vale do Taquari, como Muçum e Roca Sales, que se desenvolveram em áreas de encostas. Cidades como Santa Tereza em que parte das casas estão em áreas de inundações. Precisamos construir com segurança”, disse.

Leia Mais →

MANIFESTO IAB RS PARA A RECONSTRUÇÃO DO RS

Considerando a enorme tragédia causada pelos efeitos da crise climática e pelo descaso do poder público com o planejamento urbano e regional sustentável na promoção de cidades justas, igualitárias e ecologicamente  equilibradas, a Comissão Cidades/IAB RS, por meio deste, manifesta a necessidade de atenção às questões referentes às diferentes escalas de planejamento, arquitetura e urbanismo para reconstrução das cidades do Rio Grande do Sul, aqui agrupadas em dois grandes grupos: (A) Planejamento Urbano e Regional e (B) Moradia Digna.

Leia Mais →

Outras Notícias

COMUNICADO DO IAB RS SOBRE O ESTADO DE CALAMIDADE CLIMÁTICA

O momento é grave e compreendemos que enquanto Instituto temos um trabalho de articulação de impacto a médio prazo, sendo provocadas e estruturadas redes que auxiliem nas questões habitacionais e de reestruturação das cidades, com projetos que considerem os riscos e impactos que os eventos climáticos tem gerado em nossas cidades, de modo mais frequente e de maior intensidade. Compreendendo a sensibilidade das questões ambientais, com a natureza impondo seus limites, frente às ocupações urbanas.

Leia Mais →