Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Curso sobre Arquitetura Portuguesa reúne participantes no Solar do IAB e Fundação Iberê Carmargo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A busca pela compreensão da arquitetura portuguesa e da arquitetura contemporânea como um todo foi o objetivo do curso Reinvenção de uma arquitetura: a casa portuguesa, promovido pelo Instituto de Arquitetos do Brasil, Departamento do Rio Grande do Sul (IAB RS), e ministrado pelo arquiteto português Fabio Dimas, um nômade digital, que atualmente vive entre Brasil e Portugal. Dimas é formado pela universidade de Évora, membro da Ordem dos Arquitectos de Portugal, dividindo seu trabalho em produção arquitetônica em Portugal e no Oriente Médio, em colaboração com o atelier AAP – Associated Architects Partnership.

Ele acredita que a arquitetura contemporânea não se limita à literatura. “Valorizo intensamente a vivência das obras, considerando fundamental, como construção/formação de conhecimento a visita constante a edifícios das mais diversas épocas, escalas e programas”, destaca o arquiteto, que registra fotograficamente essa arquitetura, montando um olhar crítico a partir da experiência vivida.

A atividade na capital gaúcha integrou as comemorações de 15 anos do edifício que abriga a Fundação Iberê Camargo e ocorreu entre os dias 21 e 22 de abril, com programação no Solar do IAB e na própria Fundação Iberê.

Na Aula Magna foi apresentado o documentário “Paisagem Concreta”, produzido pela Olé Produções. O filme transita entre Brasil e Portugal, criando uma narrativa sobre a Fundação Iberê, a reflexão do arquiteto Álvaro Siza para concepção do edifício, bem como a sua relação afetiva com o Brasil. Os participantes tiveram ainda a oportunidade de assistir a palestra que apresentou um contexto mais abrangente e, simultaneamente, aprofundado da obra de Siza.

O curso abordou a história e a cultura portuguesa, a partir de habitações vernáculas, chegando às casas de Álvaro Siza e Eduardo Souto de Moura e de outros arquitetos contemporâneos que projetaram ao longo do território português.  Foi uma oportunidade para refletir sobre formas de pensar a arquitetura por meio de diversos enquadramentos, tais como como um corpo disciplinar autônomo, como construção que é atrelada a um lugar e como um acontecimento, desenvolvendo ferramentas capazes de promover uma leitura crítica acerca da arquitetura contemporânea e estimulando o próprio processo de projeto.

Confira alguns registros do evento:

 

IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Nota pública: Suspensão da urbanização da Fazenda do Arado

A fazenda do Arado é patrimônio ambiental, arqueológico, histórico, cultural, arquitetônico e paisagístico de Porto Alegre, constituindo-se de uma zona primordial para manutenção de espécies da fauna e da flora, sujeita a enchentes e alagamentos por encontrar-se abaixo da cota de inundação do Guaíba. A zona serve como espaço de extravasamento natural do Guaíba, importante de ser preservado. O IAB RS reitera a necessidade de atenção máxima por parte dos governantes, sociedade civil, entidades e instituições às questões ambientais e suas relações com a cidade.

Leia Mais →

Na mídia: IAB RS participa de reportagem da Folha de São Paulo sobre reconstrução do RS

A copresidente do IAB RS, Clarice Misoczky de Oliveira, concedeu entrevista para reportagem da Folha de São Paulo. O ponto central foi a reconstrução do RS. “A questão habitacional é mais dramática. Há municípios no Vale do Taquari, como Muçum e Roca Sales, que se desenvolveram em áreas de encostas. Cidades como Santa Tereza em que parte das casas estão em áreas de inundações. Precisamos construir com segurança”, disse.

Leia Mais →

MANIFESTO IAB RS PARA A RECONSTRUÇÃO DO RS

Considerando a enorme tragédia causada pelos efeitos da crise climática e pelo descaso do poder público com o planejamento urbano e regional sustentável na promoção de cidades justas, igualitárias e ecologicamente  equilibradas, a Comissão Cidades/IAB RS, por meio deste, manifesta a necessidade de atenção às questões referentes às diferentes escalas de planejamento, arquitetura e urbanismo para reconstrução das cidades do Rio Grande do Sul, aqui agrupadas em dois grandes grupos: (A) Planejamento Urbano e Regional e (B) Moradia Digna.

Leia Mais →

Outras Notícias

COMUNICADO DO IAB RS SOBRE O ESTADO DE CALAMIDADE CLIMÁTICA

O momento é grave e compreendemos que enquanto Instituto temos um trabalho de articulação de impacto a médio prazo, sendo provocadas e estruturadas redes que auxiliem nas questões habitacionais e de reestruturação das cidades, com projetos que considerem os riscos e impactos que os eventos climáticos tem gerado em nossas cidades, de modo mais frequente e de maior intensidade. Compreendendo a sensibilidade das questões ambientais, com a natureza impondo seus limites, frente às ocupações urbanas.

Leia Mais →