Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

IAB RS divulga vencedores do Prêmio IAB Edição Centenário

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
O Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Rio Grande do Sul (IAB RS) promoveu na noite da última quarta-feira (15/12) o evento de divulgação dos classificados no Prêmio IAB Edição Centenário – Etapa Nacional. A cerimônia foi transmitida às 18 horas pelo canal do IAB RS no Youtube, contando com mais de 100 pessoas conectadas.

Com objetivo de continuidade nesta longa tradição de reconhecimento e consagração da arquitetura e do urbanismo, este ano, os 25 departamentos estaduais do IAB se alinharam pela primeira vez para articular essa premiação nacional.

Foram 27 projetos inscritos em cinco categorias de premiação. A comissão poderia indicar até três trabalhos premiados por categoria e mais um destaque específico para a Temática Residencial Unifamiliar.

O departamento do Rio Grande do Sul classificou 11 projetos que concorrerão na premiação nacional marcada para ocorrer em janeiro de 2022, reunindo todos os vencedores estaduais do Brasil.

A comissão julgadora foi composta pelos seguintes membros, nomeados pelo IAB-RS: Andreoni Prudêncio, Emilio Merino, Heleniza Campos, Ivan Mizoguchi e Nathalia Cantergiani.

Confira os vencedores

1. Categoria EDIFICAÇÕES

_ Fecomércio. Estudio 41
O júri reconhece ratifica as qualidades do trabalho já reconhecidas através de concurso público de projetos, tais como a notável solução arquitetônica, do partido geral ao detalhamento. O projeto, já premiado, atenta às questões de eficiência energética sem deixar de lado o conforto ambiental e valorização dos espaços internos.

_ Casa Ilhas. Arquitetura Nacional
Solução volumétrica equilibrada, contraste entre materialidades e pesos distintos na composição. Planta bem resolvida, proporções bem equacionadas e relacionadas à distribuição do programa.

_ Casa La Dune. Torres Arquitetos
Edifício de pequena escala, bem inserido na paisagem. Boa solução para disposição das diferentes tipologias de unidades, que se reflete no desenho de fachada em proporções harmônicas.

2. Destaque CASA DO ANO

_ Casa Fortunata. Luciano Lerner Basso Arq.
Notável relação entre casa e sítio de implantação. A paisagem participa como pano de fundo e permeia a construção. Equilíbrio formal, uso de poucos materiais e elementos num programa enxuto distribuído de forma fluida.

A categoria Edificações concentrou maior número de trabalhos inscritos e suscitou um debate acerca da ausência de projetos de habitação popular inscritos.

3. Categoria CULTURA ARQUITETÔNICA

_ EXPO FAM – coletivo EXPO-FAM
Documentação criteriosa, expografia bem desenhada. Exposição de altíssima qualidade em forma e conteúdo.

_ História da arquitetura e construção luso-brasileira. Ricardo Rocha
Pesquisa de alta relevância, temática curiosa e fundamental para compreensão do nosso passado.

_ Voilá Viagens / Mostra Fotografia ArqTur. Cecília Esteve (org.)
Contribuição que resulta num convite a observar as cidades, seus detalhes e encantos, através do olhar dos arquitetos que realizaram viagens com foco na cultura e história da arquitetura.

4. Categoria URBANISMO

_ Parque Barragem Santa Mônica. Patrícia Pasini
Intervenção paisagística sensível, com respeito ao local e seus potenciais. 

_Conselheiro Camargo. TransLab Urb
Urbanismo colaborativo, intervenção certeira, focada na transformação do espaço pelos próprios usuários, com baixo custo e aproveitamento de recursos. Ativismo e apropriação do espaço público.

5. Categoria TÉCNICAS E TECNOLOGIA

_ Galpão. SauerMartins
Atenção à técnica e ao rigor construtivo. Valorização da cultura local. Reconhecimento e reinterpretação da técnica.

6. Categoria INTERIORES E DESIGN

_ Neológica. Arquitetura Nacional
Elemento de design único como protagonista do espaço. Valorização da iluminação natural. Contraste equilibrado entre materiais e elementos formais.

IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

IAB RS retoma editais de cultura

Após uma pausa por conta das enchentes que assolaram o Rio Grande do Sul, o IAB RS está pronto para a retomada dos editais de cultura. Os contemplados no Edital Galeria Espaço IAB e no Edital de Ocupação Artístico-Cultural serão divulgados na próxima quarta-feira, 10 de julho.

Leia Mais →

Exposição “Portugal, 50 anos da Revolução dos Cravos” reabre no IAB RS

Em virtude dos efeitos da crise climática que se abateu sobre Porto Alegre e Rio Grande do Sul, a visitação da exposição “Portugal, 50 anos da Revolução dos Cravos”, inaugurada no dia 25 de abril no IAB RS, foi interrompida. A iniciativa foi reaberta no dia 3 de julho, e segue em cartaz até 31 de julho, com visitação disponível de segunda à sexta, das 10h às 12h, e das 14h30 às 17h30.

Leia Mais →

Nota de falecimento: Emil Bered

Faleceu hoje, 2 de julho, em Porto Alegre, o arquiteto e ex-presidente do IAB RS Emil Bered. As homenagens serão realizadas na capela 3 do Crematório Metropolitano, em Porto Alegre, a partir das 12h, e a cremação será às 17h.

Leia Mais →

IAB relembra manifesto contra A LGBTQIA+fobia

No encerramento do mês do orgulho LGBTQIA+, rememoramos o manifesto lançado há quatro anos pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), elaborado pelos arquitetos Natan Arend, Igor Vetyemy e Luiz Sarmento. O IAB reitera seu firme compromisso com a defesa da diferença, da liberdade e dos direitos da comunidade LGBTQIA+. Em 28 de junho, celebra-se o Dia de Luta contra a LGBTQIA+fobia, data que evoca a Revolta de Stonewall em 1969, marco inicial na resistência contra décadas de opressão e criminalização policial da comunidade LGBTQIA+.

Leia Mais →

Outras Notícias

Nota pública: Suspensão da urbanização da Fazenda do Arado

A fazenda do Arado é patrimônio ambiental, arqueológico, histórico, cultural, arquitetônico e paisagístico de Porto Alegre, constituindo-se de uma zona primordial para manutenção de espécies da fauna e da flora, sujeita a enchentes e alagamentos por encontrar-se abaixo da cota de inundação do Guaíba. A zona serve como espaço de extravasamento natural do Guaíba, importante de ser preservado. O IAB RS reitera a necessidade de atenção máxima por parte dos governantes, sociedade civil, entidades e instituições às questões ambientais e suas relações com a cidade.

Leia Mais →