Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Linha Light da Cerâmica Desconzi reduz peso por metro quadrado.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Seguindo as novas tendências da construção, de buscar materiais mais leves e econômicos, o setor cerâmico aprimorou e criou uma alternativa eficiente, a cerâmica leve, que já é amplamente utilizada em grandes centros como São Paulo, e que agora é desenvolvida com exclusividade aqui no RS pela Cerâmica Desconzi, de Santa Maria, através de sua Linha Light. Os produtos da Linha Light são uma evolução do tradicional tijolo furado de vedação, que teve suas dimensões aumentadas e o peso diminuído. São muitas as vantagens oferecidas pela cerâmica leve, mas a principal é a diminuição do peso da parede, bem como de seu custo, mão-de-obra e tempo de execução, por necessitar de menos peças, já que estas são maiores. Comparando-se a utilização de tijolos comuns de 9 x 14 x 19 cm e de blocos da linha Light, de 14 x 19 x 29 cm em 1 m3, seriam necessárias 417 peças de tijolos comuns, totalizando um peso de 1200 kg, enquanto com blocos da linha Light, seriam necessárias 129 peças, com um peso total de apenas 600 kg. Ou seja, a metade do peso. Para exemplificar a redução de peso por metro quadrado, o engenheiro Paulo Stumm realizou um estudo comparativo entre a cerâmica convencional e a cerâmica leve, levando em consideração dados de um trabalho realizado para um cliente. A redução total em massa naquele trabalho foi de 3.412.294 Kg, o equivalente a 48.747 pessoas de 70 Kg (3,25 vezes o Gigantinho lotado), ou 23.345 carros Gol 1.0 – 16V, ou ainda 68.246 sacos de cimento de 50 Kg. Outras vantagens da Linha Light são: a possibilidade de utilização tanto interna quanto externamente, não havendo restrições para áreas molhadas; a maior resistência a manchas de mofo e umidade; a maior resistência à pressão em conseqüência do uso de blocos maiores; a economia de material, de mão-de-obra e do tempo de execução, em função das maiores dimensões do produto em comparação com os tijolos comuns; a economia de argamassa, em função da diminuição de juntas a serem preenchidas, entre outras vantagens.
Não há restrições para a colocação de quadros, armários e redes de balanço podendo ser usados os tipos de fixação oferecidos no mercado. O custo da parede pronta com cerâmica leve gira em torno de 35% mais baixo que as paredes de gesso acartonado. A execução da parede pode ser efetuada por pedreiros, não havendo a necessidade de contratação de empresas especializadas.
Além de tudo isso, os produtos da Linha Light, devido a seu tamanho diferenciado, trazem maior isolamento acústico e térmico ao interior das habitações.
Entre seus vários produtos, a Indústria Cerâmica Desconzi apresenta excelentes números. Sua produção anual de telhas cerâmicas modelo portuguesa é por volta de 4.500.000 de peças. Seus blocos cerâmicos de diversos tamanhos tem produção por volta de 170.000 m2 anual. E sua meta de crescimento é de 30% para os próximos 12 meses. A empresa conta com uma respeitada carta de clientes, entre os quais grandes construtoras de Santa Maria, Passo Fundo e Porto Alegre, com destaque para Joal Teitelbaum, Sidesa, CFL e Sipar.
Maiores informações no site www.desconzi.com.br (http://www.desconzi.com.br/) . Contatos com os representantes da Cerâmica Desconzi em todo o Rio Grande do Sul pelo fone (55) 211 2300.

IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

IAB RS retoma editais de cultura

Após uma pausa por conta das enchentes que assolaram o Rio Grande do Sul, o IAB RS está pronto para a retomada dos editais de cultura. Os contemplados no Edital Galeria Espaço IAB e no Edital de Ocupação Artístico-Cultural serão divulgados na próxima quarta-feira, 10 de julho.

Leia Mais →

Exposição “Portugal, 50 anos da Revolução dos Cravos” reabre no IAB RS

Em virtude dos efeitos da crise climática que se abateu sobre Porto Alegre e Rio Grande do Sul, a visitação da exposição “Portugal, 50 anos da Revolução dos Cravos”, inaugurada no dia 25 de abril no IAB RS, foi interrompida. A iniciativa foi reaberta no dia 3 de julho, e segue em cartaz até 31 de julho, com visitação disponível de segunda à sexta, das 10h às 12h, e das 14h30 às 17h30.

Leia Mais →

Nota de falecimento: Emil Bered

Faleceu hoje, 2 de julho, em Porto Alegre, o arquiteto e ex-presidente do IAB RS Emil Bered. As homenagens serão realizadas na capela 3 do Crematório Metropolitano, em Porto Alegre, a partir das 12h, e a cremação será às 17h.

Leia Mais →

IAB relembra manifesto contra A LGBTQIA+fobia

No encerramento do mês do orgulho LGBTQIA+, rememoramos o manifesto lançado há quatro anos pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), elaborado pelos arquitetos Natan Arend, Igor Vetyemy e Luiz Sarmento. O IAB reitera seu firme compromisso com a defesa da diferença, da liberdade e dos direitos da comunidade LGBTQIA+. Em 28 de junho, celebra-se o Dia de Luta contra a LGBTQIA+fobia, data que evoca a Revolta de Stonewall em 1969, marco inicial na resistência contra décadas de opressão e criminalização policial da comunidade LGBTQIA+.

Leia Mais →

Outras Notícias

Nota pública: Suspensão da urbanização da Fazenda do Arado

A fazenda do Arado é patrimônio ambiental, arqueológico, histórico, cultural, arquitetônico e paisagístico de Porto Alegre, constituindo-se de uma zona primordial para manutenção de espécies da fauna e da flora, sujeita a enchentes e alagamentos por encontrar-se abaixo da cota de inundação do Guaíba. A zona serve como espaço de extravasamento natural do Guaíba, importante de ser preservado. O IAB RS reitera a necessidade de atenção máxima por parte dos governantes, sociedade civil, entidades e instituições às questões ambientais e suas relações com a cidade.

Leia Mais →