Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Live do IAB debate resíduos e inclusão social

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Na live do Quarta do IAB #emcasa do dia 5 de agosto, a advogada Daniely Votto, mestra em Ciências Sociais e integrante da 5 Marias Projetos Sustentáveis, e o catador Alex Cardoso, da articulação do Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis e integrante da cooperativa Ascat, debateram sobre “Política de Resíduos e Inclusão Social – ambiente e redução das desigualdades sociais”. A atividade foi mediada pelo presidente do IAB, Rafael Passos, e segue disponível no facebook.

Avaliação da PNRS
Em agosto de 2020 a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) completou 10 anos. Na avaliação de Alex, a própria lei deve ser entendida como um avanço, mas pondera que “não dá para separar a política de resíduos de outras políticas”.

O catador crítica que o debate esteja não considere a hierarquia no tratamento dos resíduos preconizada pela lei, que orienta, antes mesmo da reciclagem, a não geração e redução dos materiais.

Ele criticou medidas dos governos, especialmente no âmbito nacional, que articulam a gestão da coleta de resíduos com empresas privadas que pensam somente no final do processo. “Hoje a discussão fica muito em cima do aterro sanitário e da incineração, pulando os processos da política e indo para a parte final”.

Tratamento dos resíduos da construção civil
Para reduzir os focos de descarte irregular dos resíduos da construção civil, surge em Porto Alegre o projeto 5 Marias Sustentáveis, que vai unir o gerador de resíduos conhecidos como caliça, resultado de obras ou reformas, e a empresa que recicla esse resíduo, ou que dará a ele outro destino considerado pela PNRS como ambientalmente adequado.

“Empresas (de reciclagem desses resíduos) da região metropolitana de Porto Alegre trabalham só com 10% da capacidade. Com essa proposta, a gente quer fazer a economia circular, para que a ponta, que recebe e recicla esse material, consiga revender para o gerador”, explica Daniely.

Ela explica também que, embora as informações que serviram de base para o projeto tenham partido da prefeitura, não há qualquer relação do trabalho realizado com o poder público. “Vemos o quanto é necessário esse serviço, porque há uma falta de conhecimento muito grande”, comenta. 

Logística reversa em Porto Alegre

Recentemente, a prefeitura de Porto Alegre apresentou quatro projetos de lei que tratam da logística reversa de diferentes categorias de produtos, incluindo os recicláveis, e excluiu as cooperativas de catadores da proposta.

Essa postura contraria a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que nesta semana completou 10 anos, a qual incentiva que empresas geradoras de resíduos priorizem a contratação de catadores cooperativados na implantação da logística reversa.

“O (prefeito) Marchezan pensa que resíduo dá dinheiro e que os catadores devem viver da venda do material. Mas o resíduo só é dinheiro quando tem o trabalho do catador. Antes ele é só um passivo ambiental e prejuízo aos cofres públicos”, destacou Alex em sua fala de encerramento.

Na segunda-feira, uma carta de repúdio foi entregue ao prefeito com crítica às declarações consideradas ofensivas, por parte de Marchezan, à categoria das catadoras e catadores e ao sistema cooperativista. O documento foi assinado por 55 entidades, incluindo o IAB RS.

IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Documentário “Vozes da arquitetura Porto Alegrense” encerra programação de aniversário do IAB RS

O último dia da programação especial que comemorou os 76 anos do IAB RS foi marcado pela exibição do documentário “Vozes da Arquitetura Porto Alegrense”. O filme, produzido pela entidade com apoio institucional do CAU/RS, reuniu depoimentos de 19 profissionais, que falaram sobre a profissão e suas percepções envolvendo aspectos como criatividade, coletividade e outros significados. Além da exibição, foram anunciados dois editais de cultura. 

Leia Mais →

NOTA PÚBLICA

As entidades Associação dos Técnicos de Nível Superior de Porto Alegre (Astec), Instituto de Arquitetos do Brasil – Depto Rio Grande do Sul (IAB RS), Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico (IBDU), ONG Acesso Cidadania e Direitos Humanos e Sociedade de Economia do Rio Grande do Sul (SOCECON) entraram com ação ordinária a fim de denunciar irregularidades identificadas no edital e processo eleitoral do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Ambiental – Biênio 2024/2025. 

Leia Mais →

Desafios do planejamento urbano e gestão em Porto Alegre foram temas de debate no IAB RS

A relação envolvendo o setor imobiliário e a administração pública na Capital, bem como os desdobramentos da revisão do Plano Diretor e as eleições para o Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Ambiental (CMDUA), foram alguns dos tópicos abordados no debate “Planejamento Urbano e Gestão: desafios atuais e perspectivas futuras para Porto Alegre”, que ocorreu no dia 28 de março na sede do IAB RS, em Porto Alegre.

Leia Mais →

Outras Notícias

Arquiteta Enilda Ribeiro é homenageada em evento do IAB RS

Para comemorar os 76 anos do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Rio Grande do Sul (IAB RS), a entidade planejou uma série com três eventos especiais para debater a profissão, relembrar a história e preservar memórias. Na primeira atividade, a palestra “Acervos em arquitetura e urbanismo – homenagem a Enilda Ribeiro” promoveu o encontro entre o professor da FAUUSP e coordenador da biblioteca da FAUUSP, Eduardo Costa; o membro do conselho consultivo do Centro de Memória CAU/RS, José Daniel Simões; e a copresidente do IAB RS e responsável pelo projeto documental, Bruna Tavares. 

Leia Mais →

IAB RS participa do painel RS Seguro COMunidade no South Summit

A copresidente Clarice Oliveira falou sobre a importância dos Concursos Públicos de Projeto e dos processos participativos que o IAB RS vem implantando junto ao governo do Estado. Durante sua fala, destacou que “o IAB RS desenvolve concursos de projeto urbanístico integrai que tem como um pilar muito importante a participação da comunidade no processo inicial de elaboração do programa de necessidades, que vai constituir as bases do concurso público de projetos”.

Leia Mais →

Arquiteta Enilda Ribeiro é destaque na coluna Almanaque, da Zero Hora

Enilda foi uma das primeiras mulheres a ser diplomada no curso específico em Arquitetura no Rio Grande do Sul. Além e ter lutado pela criação do curso superior de graduação na URFGS, foi presidente do IAB/RS entre 1980 e 1981. “Eu gostaria muito de ter conversado, em algum momento, com ela sobre os desafios que foram enfrentados, tanto no IAB-RS quanto em nível nacional, onde ela articulou a construção de ideias e diretrizes para a formação de um conselho próprio de arquitetura e urbanismo”, declarou a co-presidente do IAB/RS, Bruna Tavares.

Leia Mais →