Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Pela preservação, manutenção e valorização da paisagem urbana das cidades brasileiras – Caso do Cais Mauá em Porto Alegre – MOÇÃO DO IAB NACIONAL

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
MOÇÃO
148º COSU – SÃO PAULO-SP
29 DE JULHO A 1º DE AGOSTO DE 2015
MOÇÃO nº 02 – COSU VILANOVA ARTIGAS

Interessado: População de Porto Alegre, Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Proponentes: IAB-RS, IAB-MG, IAB-PR, IAB-PE, IAB-BA, IAB-DF e IAB-RJ
Ementa: Pela preservação, manutenção e valorização da paisagem urbana das cidades brasileiras – Caso do Cais Mauá em Porto Alegre.

Considerando: que o Instituto de Arquitetos do Brasil – IAB – é entidade nacional, com mais de 90 anos de existência, organizada em departamentos estaduais em todo o país, que atuam profundamente na área do planejamento, do urbanismo, da paisagem e do patrimônio de nossas cidades;
O conceito da UNESCO sobre a Paisagem Cultural que define esta como o “trabalho combinado da natureza e do homem” integrando os aspectos materiais e imateriais do patrimônio e indicando as relações significativas e indissociáveis entre o homem e o ambiente natural;
Que o IAB- RS publicou um manifesto de princípios chamado “10 pontos por um Projeto de Cidade” que, em seu item 6, defende que “a paisagem da cidade é patrimônio de todos” e que é importante “valorizar políticas de patrimônio ambiental – natural e cultural – voltadas à qualificação espacial das paisagens representativas, em diferentes escalas territoriais”;
Que a paisagem da cidade não pode ser colocada a serviço da viabilização de empreendimentos comerciais privados que proponham a alteração significativa da paisagem apenas para atender a exigências financeiras de um negócio imobiliário com atividades fundamentalmente privadas ou privatizantes;
Que há diversos processos de qualificação urbana em andamento nas grandes cidades brasileiras e a importância de que estes projetos atendam ao conjunto da população, e contenham efetivamente, e de forma transparente e democrática, a participação desta na sua problematização e elaboração;
Que a entidade e os arquitetos brasileiros são favoráveis à recuperação da área portuária de Porto Alegre e sua abertura à toda a população através de um projeto de arquitetura e urbanismo qualificado que proponha atividades e espaços que garantam o acesso público pleno e diversificado à toda a área, assim como a preservação e valorização da paisagem cultural do cais e da relação da cidade com o rio;
Que há um processo de intervenção em andamento no cais do porto de Porto Alegre e que, pelo publicado na mídia, entende-se que o projeto previsto altera significativamente a paisagem da área portuária com implantação de torres de escritórios e shopping center na área do porto, junto a bens tombados e de grande significância cultural e simbólica para a cidade de Porto Alegre e para a população de todo o estado do Rio Grande do Sul.

Delibera: Que o projeto urbano deve ser um instrumento de toda a sociedade para a ordenação e qualificação de seu território e deve ter a participação da população visando atender o interesse público.

São Paulo-SP, 1º de Agosto de 2015.
IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Documentário “Vozes da arquitetura Porto Alegrense” encerra programação de aniversário do IAB RS

O último dia da programação especial que comemorou os 76 anos do IAB RS foi marcado pela exibição do documentário “Vozes da Arquitetura Porto Alegrense”. O filme, produzido pela entidade com apoio institucional do CAU/RS, reuniu depoimentos de 19 profissionais, que falaram sobre a profissão e suas percepções envolvendo aspectos como criatividade, coletividade e outros significados. Além da exibição, foram anunciados dois editais de cultura. 

Leia Mais →

NOTA PÚBLICA

As entidades Associação dos Técnicos de Nível Superior de Porto Alegre (Astec), Instituto de Arquitetos do Brasil – Depto Rio Grande do Sul (IAB RS), Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico (IBDU), ONG Acesso Cidadania e Direitos Humanos e Sociedade de Economia do Rio Grande do Sul (SOCECON) entraram com ação ordinária a fim de denunciar irregularidades identificadas no edital e processo eleitoral do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Ambiental – Biênio 2024/2025. 

Leia Mais →

Desafios do planejamento urbano e gestão em Porto Alegre foram temas de debate no IAB RS

A relação envolvendo o setor imobiliário e a administração pública na Capital, bem como os desdobramentos da revisão do Plano Diretor e as eleições para o Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Ambiental (CMDUA), foram alguns dos tópicos abordados no debate “Planejamento Urbano e Gestão: desafios atuais e perspectivas futuras para Porto Alegre”, que ocorreu no dia 28 de março na sede do IAB RS, em Porto Alegre.

Leia Mais →

Outras Notícias

Arquiteta Enilda Ribeiro é homenageada em evento do IAB RS

Para comemorar os 76 anos do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Rio Grande do Sul (IAB RS), a entidade planejou uma série com três eventos especiais para debater a profissão, relembrar a história e preservar memórias. Na primeira atividade, a palestra “Acervos em arquitetura e urbanismo – homenagem a Enilda Ribeiro” promoveu o encontro entre o professor da FAUUSP e coordenador da biblioteca da FAUUSP, Eduardo Costa; o membro do conselho consultivo do Centro de Memória CAU/RS, José Daniel Simões; e a copresidente do IAB RS e responsável pelo projeto documental, Bruna Tavares. 

Leia Mais →

IAB RS participa do painel RS Seguro COMunidade no South Summit

A copresidente Clarice Oliveira falou sobre a importância dos Concursos Públicos de Projeto e dos processos participativos que o IAB RS vem implantando junto ao governo do Estado. Durante sua fala, destacou que “o IAB RS desenvolve concursos de projeto urbanístico integrai que tem como um pilar muito importante a participação da comunidade no processo inicial de elaboração do programa de necessidades, que vai constituir as bases do concurso público de projetos”.

Leia Mais →

Arquiteta Enilda Ribeiro é destaque na coluna Almanaque, da Zero Hora

Enilda foi uma das primeiras mulheres a ser diplomada no curso específico em Arquitetura no Rio Grande do Sul. Além e ter lutado pela criação do curso superior de graduação na URFGS, foi presidente do IAB/RS entre 1980 e 1981. “Eu gostaria muito de ter conversado, em algum momento, com ela sobre os desafios que foram enfrentados, tanto no IAB-RS quanto em nível nacional, onde ela articulou a construção de ideias e diretrizes para a formação de um conselho próprio de arquitetura e urbanismo”, declarou a co-presidente do IAB/RS, Bruna Tavares.

Leia Mais →