Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Pensamento de Raimundo Lúlio em debate no III Congresso Internacional de Interculturalidade

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Estudiosos de todo o mundo estarão reunidos em Palma de Maiorca, na Espanha, de 31 de março a 02 de abril de 2011, para discutir a atualidade do pensador catalão Raimundo Lúlio, no III Congresso Internacional de Interculturalidade. Ele propôs na Idade Média a unificação de todos os saberes e culturas. Antecipava-se, assim uma das questões cruciais das modernas sociedades livres: a transferência de cultura de um grupo para outro. E a abertura de todos os povos para acolher a diversidade cultural. O congresso, a exemplo dos realizados em Andorra e São Paulo, discutirá situações problemáticas em várias regiões do planeta, como o esquecimento dos fatores que definem a identidade cultural, a concentração de religiões num mesmo território, as consequências da laicização crescente em algumas partes do planeta e, em outras, a questão do fundamentalismo religioso, e a necessidade de reaprender a dialogar e tolerar. O gênio catalão Umberto Eco disse que ter nascido em Palma de Maiorca, no caldeamento das culturas judaica, cristã e muçulmana, foi determinante para Raimundo Lúlio. A História provou, mais tarde, que o sábio catalão apontava o caminho certo. Todo o Ocidente é tributário do legado inestimável dos árabes, que trouxeram as primeiras traduções da cultura grega. Raimundo Lúlio é tido como o patriarca do diálogo inter-religioso. Foi, em sua época, o único escritor cristão do Ocidente que dirigiu mais da metade de sua obra para um público islâmico. Escreveu 280 livros, inclusive a Arte Magna, um sistema científico que unifica todos os saberes. Introduziu no pensamento europeu comportamentos e argumentos, por exemplo, escrever em vernáculo sobre temas filosóficos e teológicos. Sugeriu a criação de uma Sociedade das Nações, e defendeu o direito de autodeterminação dos povos. A revista Globe o considerou um dos fundadores da Europa moderna.

IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Na mídia: IAB RS participa de reportagem da Folha de São Paulo sobre reconstrução do RS

A copresidente do IAB RS, Clarice Misoczky de Oliveira, concedeu entrevista para reportagem da Folha de São Paulo. O ponto central foi a reconstrução do RS. “A questão habitacional é mais dramática. Há municípios no Vale do Taquari, como Muçum e Roca Sales, que se desenvolveram em áreas de encostas. Cidades como Santa Tereza em que parte das casas estão em áreas de inundações. Precisamos construir com segurança”, disse.

Leia Mais →

MANIFESTO IAB RS PARA A RECONSTRUÇÃO DO RS

Considerando a enorme tragédia causada pelos efeitos da crise climática e pelo descaso do poder público com o planejamento urbano e regional sustentável na promoção de cidades justas, igualitárias e ecologicamente  equilibradas, a Comissão Cidades/IAB RS, por meio deste, manifesta a necessidade de atenção às questões referentes às diferentes escalas de planejamento, arquitetura e urbanismo para reconstrução das cidades do Rio Grande do Sul, aqui agrupadas em dois grandes grupos: (A) Planejamento Urbano e Regional e (B) Moradia Digna.

Leia Mais →

Outras Notícias

COMUNICADO DO IAB RS SOBRE O ESTADO DE CALAMIDADE CLIMÁTICA

O momento é grave e compreendemos que enquanto Instituto temos um trabalho de articulação de impacto a médio prazo, sendo provocadas e estruturadas redes que auxiliem nas questões habitacionais e de reestruturação das cidades, com projetos que considerem os riscos e impactos que os eventos climáticos tem gerado em nossas cidades, de modo mais frequente e de maior intensidade. Compreendendo a sensibilidade das questões ambientais, com a natureza impondo seus limites, frente às ocupações urbanas.

Leia Mais →

Nota pública em apoio às familias atingidas pelas enchentes no RS

O IAB-RS manifesta solidariedade às famílias atingidas pelas inundações e enchentes no Rio Grande do Sul. Os eventos de chuvas extremas estão se mostrando uma realidade com recorrência no nosso estado. O momento pede a soma de esforços de todos os setores da sociedade para ajudar aqueles que estão em situação de vulnerabilidade.

Leia Mais →