Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

PLANO DIRETOR: “Precisamos de políticas públicas, programas sociais de habitação e qualificação dos espaços existentes, diz Clarice Oliveira, co-presidente do IAB RS

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Terminou na última quinta-feira (09/03) a Conferência de Avaliação do Plano Diretor de Porto Alegre, com a votação de propostas que poderão compor o projeto de lei da revisão. Primeiro evento da revisão em 2023, a conferência iniciou na terça-feira com palestras apresentando diferentes entendimentos de como a cidade deveria guiar o seu desenvolvimento nos próximos anos. Na quarta-feira aconteceu a dinâmica de grupos separados nos sete eixos temáticos definidos pela prefeitura para nortear o documento legal.

Cerca de 300 pessoas participaram da atividade que tomou manhã e tarde, orientados por questionamentos sobre o que pensam do Plano Diretor vigente e provocados a apontar rumos a serem seguidos. As sugestões foram sintetizadas em recomendações e votadas na quinta-feira. Ainda sem data marcada, a próxima etapa participativa da revisão do Plano Diretor será uma rodada de oficinas temáticas, a exemplo das realizadas em 2019 nas regiões de planejamento. A prefeitura mantém a expectativa de encaminhar o projeto de lei para a Câmara em 2023.

A co-presidente do IAB-RS, a arquiteta Clarice Misoczky de Oliveira participou das discussões no eixo temático Gestão da Cidade. “Entre as questões mais importantes estão a qualidade da participação social nos processos, na criação tanto do Plano Diretor quanto de outros instrumentos de planejamento urbano que a prefeitura desenvolve e possa vir a desenvolver. Para essa participação qualificada tem que ter horários disponíveis para a classe trabalhadora, um local também de fácil acessibilidade”, afirma.

Segundo Clarice, durante a conferência foi possível notar a presença majoritária de técnicos. “A população de Porto Alegre em termos gerais não esteve presente. Essas pautas da habitação social, da mobilidade urbana, são das pessoas que estão ali na luta diária, e essas pessoas não conseguem vir aqui para trazer essa posição, ficam dependendo de técnicos que tenham essa orientação, esse olhar para cidade que não seja o olhar de uma cidade voltada exclusivamente para o mercado imobiliário”, alerta.

Para enfrentar os problemas verificados na periferia, ela avalia que é preciso implementar programas sociais. “Porto Alegre não tem um crescimento populacional, não tem uma demanda de novas unidades do mercado imobiliário. E pessoas que estão à margem do mercado precisam de políticas públicas e de programas sociais vinculados à produção habitacional e à melhoria da qualificação dos espaços já existentes”, explica. Ela reconhece uma metodologia ‘mais clara’ na conferência, mas destaca que no final das reuniões foram votadas apenas recomendações.

“A gente tem uma qualidade da participação social que fica mais no nível consultivo do que deliberativo”, observa.

Para a prefeitura, o saldo da Convenção é positivo. “Durante a semana, ter essa representatividade nos três dias, no primeiro com palestra, depois o debate mais aprofundado, é cansativo muitas vezes, e a população está aqui até essa hora, um grande número de pessoas participando e usando em todas as oportunidades o microfone, é positivo”, avalia o secretário municipal Germano Bremm, da pasta de Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade.


Confira o podcast com participação da co-presidente do IAB, Clarice Oliveira:
CLIQUE AQUI

Confira o vídeo da cobertura da jornalista Bruna Suptiz, colunista do Jornal do Comércio:

Fontes de Informação: Esta matéria contém informações publicadas nos jornais Correio do Povo e Jornal do Comércio

IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Documentário “Vozes da arquitetura Porto Alegrense” encerra programação de aniversário do IAB RS

O último dia da programação especial que comemorou os 76 anos do IAB RS foi marcado pela exibição do documentário “Vozes da Arquitetura Porto Alegrense”. O filme, produzido pela entidade com apoio institucional do CAU/RS, reuniu depoimentos de 19 profissionais, que falaram sobre a profissão e suas percepções envolvendo aspectos como criatividade, coletividade e outros significados. Além da exibição, foram anunciados dois editais de cultura. 

Leia Mais →

NOTA PÚBLICA

As entidades Associação dos Técnicos de Nível Superior de Porto Alegre (Astec), Instituto de Arquitetos do Brasil – Depto Rio Grande do Sul (IAB RS), Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico (IBDU), ONG Acesso Cidadania e Direitos Humanos e Sociedade de Economia do Rio Grande do Sul (SOCECON) entraram com ação ordinária a fim de denunciar irregularidades identificadas no edital e processo eleitoral do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Ambiental – Biênio 2024/2025. 

Leia Mais →

Desafios do planejamento urbano e gestão em Porto Alegre foram temas de debate no IAB RS

A relação envolvendo o setor imobiliário e a administração pública na Capital, bem como os desdobramentos da revisão do Plano Diretor e as eleições para o Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Ambiental (CMDUA), foram alguns dos tópicos abordados no debate “Planejamento Urbano e Gestão: desafios atuais e perspectivas futuras para Porto Alegre”, que ocorreu no dia 28 de março na sede do IAB RS, em Porto Alegre.

Leia Mais →

Outras Notícias

Arquiteta Enilda Ribeiro é homenageada em evento do IAB RS

Para comemorar os 76 anos do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Rio Grande do Sul (IAB RS), a entidade planejou uma série com três eventos especiais para debater a profissão, relembrar a história e preservar memórias. Na primeira atividade, a palestra “Acervos em arquitetura e urbanismo – homenagem a Enilda Ribeiro” promoveu o encontro entre o professor da FAUUSP e coordenador da biblioteca da FAUUSP, Eduardo Costa; o membro do conselho consultivo do Centro de Memória CAU/RS, José Daniel Simões; e a copresidente do IAB RS e responsável pelo projeto documental, Bruna Tavares. 

Leia Mais →

IAB RS participa do painel RS Seguro COMunidade no South Summit

A copresidente Clarice Oliveira falou sobre a importância dos Concursos Públicos de Projeto e dos processos participativos que o IAB RS vem implantando junto ao governo do Estado. Durante sua fala, destacou que “o IAB RS desenvolve concursos de projeto urbanístico integrai que tem como um pilar muito importante a participação da comunidade no processo inicial de elaboração do programa de necessidades, que vai constituir as bases do concurso público de projetos”.

Leia Mais →

Arquiteta Enilda Ribeiro é destaque na coluna Almanaque, da Zero Hora

Enilda foi uma das primeiras mulheres a ser diplomada no curso específico em Arquitetura no Rio Grande do Sul. Além e ter lutado pela criação do curso superior de graduação na URFGS, foi presidente do IAB/RS entre 1980 e 1981. “Eu gostaria muito de ter conversado, em algum momento, com ela sobre os desafios que foram enfrentados, tanto no IAB-RS quanto em nível nacional, onde ela articulou a construção de ideias e diretrizes para a formação de um conselho próprio de arquitetura e urbanismo”, declarou a co-presidente do IAB/RS, Bruna Tavares.

Leia Mais →