Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Saúde urbana foi tema de debate no IAB-RS

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O mais recente encontro do ciclo "Quartas no IAB" tratou de saúde urbana. A mesa de discussão, ocorrida em 06 de novembro, teve apoio do curso de bacharelado em Saúde Coletiva da UFRGS e contou com a participação dos debatedores Julio Vargas, Luix Costa e Carlos Alberto Sant'Ana.
O IAB-RS acolheu um largo público de arquitetos e sanitaristas em formação, que pôde acompanhar a apresentação de professor da UFRGS Julio Vargas a respeito da disposição das cidades e sua implicações na saúde da população. O urbanista avaliou que o discurso da sustentabilidade urbano aliada ao transporte público é ainda incipiente. Apesar desta reflexão ter chegado a determinados setores da sociedade como a classe média esclarecida, ela “ainda não chegou às esferas decisórias que combinam o poder o poder governamental com com o poder econômico, onde os princípios de desenvolvimento econômico e territorial de meados do século XX ainda parecem imperar”.

Vargas pontuou que, apesar das cidades européias serem mais “caminháveis” do que as norte-americanas, mesmo os centros urbanos do Estados Unido dispõem de uma lógica de planejamento, coisa que não acontece na maioria das metrópoles brasileiras. Nossos simulacros de cidades de primeiro mundo têm problemas como vazios de urbanos à espera de valorização e  pereferias desassistidas de recursos de saúde e educação. “Porto Alegre demonstra problemas como obesidade populacional, pragas urbana e altos índices de tuberculose e AIDS: são sintomas de uma cidade que está 'apodrecendo'”, sentenciou ele.
Por sua vez, o militante Luix Castro compartilhou com os presentes sua experiência com movimentos sociais engajados em resistir ao modelo vigente de cidade. Ele citou que a luta pela preservação da Vila Chocolatão, próximo ao Centro, levava em conta o papel social de seus moradores, que limpavam a zona central da cidade. Mesmo que os moradores da localidade tenham se mudado para habitações materialmente melhores, muitos tiveram e abandora o novo espaço devido a diversas contingências.
Castro também frisou que a sociedade “tem gasto uma riqueza imensa por conta dos automóveis”, sendo a indústria automobilística uma da maiores beneficias nesse processo. O militante contou como o Bloco de Lutas tem pautado estas discussões e lembrou que, sem mobilização da sociedade, conquista feitas neste sentido podem ser perdidas.
O arquiteto Carlos Alberto Sant'Ana tratou da organização e desenho das cidades. O ex-presidente do IAB-RS lembrou que, até os anos 1950, havia planos mais claros sobre o modo como Porto Alegre deveria se desenvolver. No entanto, o sistema de gestão atual é “dominado por interesses corporativos, partidos políticos e outras organizações”.
A saúde de uma cidade poderia ser observada de vários modos, sendo que criminalidade e pixações denotam que há uma cidade doente. O convidado  ainda disse que o patrimônio cultural e histórico são altamente relevantes para estabelecer elos entre o passado e o cotidiano da população. O debate ainda contou com colocações e perguntas dos estudantes presentes.

IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Documentário “Vozes da arquitetura Porto Alegrense” encerra programação de aniversário do IAB RS

O último dia da programação especial que comemorou os 76 anos do IAB RS foi marcado pela exibição do documentário “Vozes da Arquitetura Porto Alegrense”. O filme, produzido pela entidade com apoio institucional do CAU/RS, reuniu depoimentos de 19 profissionais, que falaram sobre a profissão e suas percepções envolvendo aspectos como criatividade, coletividade e outros significados. Além da exibição, foram anunciados dois editais de cultura. 

Leia Mais →

NOTA PÚBLICA

As entidades Associação dos Técnicos de Nível Superior de Porto Alegre (Astec), Instituto de Arquitetos do Brasil – Depto Rio Grande do Sul (IAB RS), Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico (IBDU), ONG Acesso Cidadania e Direitos Humanos e Sociedade de Economia do Rio Grande do Sul (SOCECON) entraram com ação ordinária a fim de denunciar irregularidades identificadas no edital e processo eleitoral do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Ambiental – Biênio 2024/2025. 

Leia Mais →

Desafios do planejamento urbano e gestão em Porto Alegre foram temas de debate no IAB RS

A relação envolvendo o setor imobiliário e a administração pública na Capital, bem como os desdobramentos da revisão do Plano Diretor e as eleições para o Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Ambiental (CMDUA), foram alguns dos tópicos abordados no debate “Planejamento Urbano e Gestão: desafios atuais e perspectivas futuras para Porto Alegre”, que ocorreu no dia 28 de março na sede do IAB RS, em Porto Alegre.

Leia Mais →

Outras Notícias

Arquiteta Enilda Ribeiro é homenageada em evento do IAB RS

Para comemorar os 76 anos do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Rio Grande do Sul (IAB RS), a entidade planejou uma série com três eventos especiais para debater a profissão, relembrar a história e preservar memórias. Na primeira atividade, a palestra “Acervos em arquitetura e urbanismo – homenagem a Enilda Ribeiro” promoveu o encontro entre o professor da FAUUSP e coordenador da biblioteca da FAUUSP, Eduardo Costa; o membro do conselho consultivo do Centro de Memória CAU/RS, José Daniel Simões; e a copresidente do IAB RS e responsável pelo projeto documental, Bruna Tavares. 

Leia Mais →

IAB RS participa do painel RS Seguro COMunidade no South Summit

A copresidente Clarice Oliveira falou sobre a importância dos Concursos Públicos de Projeto e dos processos participativos que o IAB RS vem implantando junto ao governo do Estado. Durante sua fala, destacou que “o IAB RS desenvolve concursos de projeto urbanístico integrai que tem como um pilar muito importante a participação da comunidade no processo inicial de elaboração do programa de necessidades, que vai constituir as bases do concurso público de projetos”.

Leia Mais →

Arquiteta Enilda Ribeiro é destaque na coluna Almanaque, da Zero Hora

Enilda foi uma das primeiras mulheres a ser diplomada no curso específico em Arquitetura no Rio Grande do Sul. Além e ter lutado pela criação do curso superior de graduação na URFGS, foi presidente do IAB/RS entre 1980 e 1981. “Eu gostaria muito de ter conversado, em algum momento, com ela sobre os desafios que foram enfrentados, tanto no IAB-RS quanto em nível nacional, onde ela articulou a construção de ideias e diretrizes para a formação de um conselho próprio de arquitetura e urbanismo”, declarou a co-presidente do IAB/RS, Bruna Tavares.

Leia Mais →