Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Moção do Fórum de Entidades de Arquitetos no Rio Grande do Sul aprovada por unanimidade pelo CAU RS.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Porto alegre, 10 de maio de 2012.

Prezados senhores conselheiros do CAU/RS,

O Fórum de Entidades de Arquitetos no Rio Grande do Sul vêm, por meio desta, manifestar sua inconformidade com o que determina a Resolução 17 do CAU/BR, com relação à cobrança de taxa de RRT por atividades ou mesmo por ”grupos de atividades”.

A Resolução 17, no seu artigo 7º, § 1º, fere o texto e o espírito da Lei 12.378/2010, criada pelos arquitetos e urbanistas, onerando de forma inadequada e ilegal os profissionais.
A Lei determina que um RRT deve corresponder a um serviço/um trabalho, e não à cada atividade, como propõe a Resolução 17.
A Lei não trata de um RRT por “atividade”, mas sim faz referência ao “trabalho”, no seu sentido amplo e, muito especificamente, ao “empreeendimento” como um todo.

A Lei 12.378/2010:
Art. 45. Toda realização de trabalho de competência privativa ou de atuação compartilhadas com outras profissões regulamentadas será objeto de Registro de Responsabilidade Técnica – RRT.
Art. 46. O RRT define os responsáveis técnicos pelo empreendimento de arquitetura e urbanismo, a partir da definição da autoria e da coautoria dos serviços.
Art. 49. O valor da Taxa de RRT é, em todas as hipóteses, de R$ 60,00 (sessenta reais). (atualizado pelo INPC)

Em que pese o fato do CAU/BR já ter feito correções na forma de cobrança de RRTs, por atividades, ou mesmo por subatividades, conforme o que prevê –também- a Resolução 21 acredita-se que é necessário revisar a Resolução 17, em seu artigo 7°, § 1°, abaixo:
Art. 7° Para a efetivação do Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) será exigido, previamente, o recolhimento da Taxa de RRT.
§ 1° A cada atividade caberá o recolhimento de uma taxa de RRT por profissional.

Sugerimos, como segue, a alteração do § 1° da referida resolução:

§ 1° A cada realização de trabalho, ou empreendimento, ou contrato, caberá o recolhimento de uma taxa de RRT por profissional.

As entidades do Fórum manifestam-se ao CAU/RS para que o plenário do mesmo aprecie e aprove, em moção, expressar seu apoio à revisão da Resolução 17 do CAU/BR.
Solicitamos, também, que este documento, com as devidas assinaturas, seja encaminhado ao plenário do CAU/BR pelo conselheiro representante do Estado do Rio Grande do Sul no mesmo.

IAB RS – Tiago Holzmann da silva
SAERGS – Cícero Alvarez
AsBEA RS – Joaquim Hass
AAI Brasil/RS – Sílvia Barakat

Fórum das Entidades de Arquitetos no Rio Grande do Sul
(IAB RS, SAERGS, AsBEA RS, AAI Brasil/RS)

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

IAB-RS realiza evento sobre a dimensão territorial e cultural da presença negra na Capital

O Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul (IAB-RS) promoveu, dentro de sua programação cultural, o evento “Dimensão territorial e cultural da presença negra em Porto Alegre”, para celebrar e refletir sobre o novembro negro. O objetivo foi discutir e realizar trocas sobre as questões raciais que atravessam os territórios da cidade e as manifestações culturais, que traduzem os saberes e vivências da população negra.

Leia Mais →

Projeto de construção com 41 andares no Centro Histórico foi tema de audiência pública

A Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia promoveu, no dia 10 de novembro, audiência pública para debater o projeto de construção ao lado do Museu Júlio de Castilhos, e também a Lei 930/2021, que estabelece o Programa de Reabilitação do Centro Histórico de Porto Alegre. Durante o encontro, liderado pela deputada Sofia Cavedon, foram destacadas as consequências do empreendimento com 41 andares. A co-presidenta do presidente do IAB-RS, Clarice Oliveira, participou do encontro.

Leia Mais →

NOTA DE DEFESA PELO INVENTARIAMENTO DO PRÉDIO DA SMOV

O IAB RS acompanha, com atenção, o processo de leilão promovido pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre do antigo prédio da Secretaria Municipal de Obras e Viação (SMOV), previsto para o próximo dia 27 do mês vigente.  O prédio, localizado na av. Borges de Medeiros, próximo à avenida Ipiranga, faz parte de uma lista, com outros 100 imóveis do município, que poderão ser vendidos pelo poder municipal.

Leia Mais →

Governo Federal retoma atividades do ConCidades, desativado desde 2017

A co-presidenta do IAB-RS, Clarice Misoczky de Oliveira, que passa a ocupar uma cadeira no Conselho que representa também o IAB nacional, comemora a retomada do Conselho. “Com a presença de secretarias que tratam de questões como habitação e saneamento, por exemplo, teremos participação social de diferentes segmentos. O IAB tem cadeira no grupo de entidades profissionais, acadêmicos e de pesquisa, e cada representante pode escolher a comissão técnica que vai trabalhar”, explica.

Leia Mais →

Outras Notícias

Inscrições para Prêmio IAB encerram dia 10/11

O Departamento do Rio Grande do Sul do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB/RS) realizará a Premiação IAB 2023, com o objetivo de divulgar e premiar a produção intelectual e profissional de arquitetos, arquitetas e urbanistas do estado do Rio Grande do Sul.A participação é aberta a todos os profissionais associados do IAB em qualquer um dos seus Departamentos Estaduais e Distrital, e a inscrição é gratuita.

Leia Mais →

IAB-RS participa de 176ª edição do COSU em Brasília

Ocorreu em Brasília, Distrito Federal, nos dias 21 e 22 de outubro, a 176a Reunião do Conselho Superior do Instituto dos Arquitetos do Brasil (COSU). O encontro foi sediado no Auditório Darcy Ribeiro na Universidade de Brasília (UnB). A proposta do COSU é reforçar o compromisso do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) com a arquitetura e o urbanismo, por meio da discussão de questões que envolvem a profissão. Na ocasião, foi realizada, também, a eleição da nova diretoria nacional da entidade.

Leia Mais →

IAB-RS promoveu mesa sobre o Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro

A edição mais recente das Quartas no IAB promoveu a mesa “Patrimônio e resistência” para homenagear os quatro anos da fundação do Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro (FEDPCB). Fundado durante o 21° Congresso Nacional de Arquitetos, em Porto Alegre, em outubro de 2019, o Fórum reúne entidades e coletivos da sociedade civil para fomentar a mobilização contra ataques promovidos contra o Instituto do Património Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e o Patrimônio Cultural Brasileiro.

Leia Mais →