Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Artes Visuais no IAB-RS

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

No dia 05/09 têm inicio as três novas exposições que vão ocupar a Galeria Espaço IAB até o mês de outubro. Este é o terceiro ciclo de mostras de artes visuais que acontecem no Instituto de Arquitetos do Brasil neste ano e os artistas da vez são Liana Tim, Alenyr Avila e o coletivo Bando de Barro. O coquetel de abertura tem início às 19h30min no Solar do IAB-RS.

No primeiro e no segundo ciclo, em 4 mostras individuais e 2 coletivas, mais de 100 artistas expuseram seus trabalhos no Solar. Selecionadas em edital, as exposições abordam temas variados, que potencializam a reaproximação entre as Artes Visuais, a Arquitetura e o Urbanismo no Rio Grande do Sul.

A galeria Espaço IAB, fundada em 1966, historicamente se consolidou como um lugar de fomentação artística e uma referência da movimentação sociocultural na cidade de Porto Alegre, quando ainda se situava na antiga sede do IAB-RS, na rua Annes Dias. Depois de um período em que ficou fechada, a galeria recentemente retomou seu protagonismo no Solar Conde de Porto Alegre, com a realização de exposições de artistas plásticos, que contam com a curadoria de Adriana Xaplin e Vinicius Vieira.

Para saber mais sobre as exposições e o histórico da galeria de arte do Instituto de Arquitetos do Brasil, acesse galeriaespacoiab.blogspot.com

PRÓXIMAS EXPOSIÇÕES
abertura: 5 de setembro, às 19h30min.
visitação: 6 setembro a 5 de outubro, das 14 às 20h.

OUTRO(S) DE MIM LIANA TIMM
sala negra

A mostra foi idealizada como um site specific para a sala negra do IAB RS. As obras em arte digital, os vídeos e as intervenções poéticas giram em torno das identidades múltiplas que nos habitam. Nossa diversidade, poço sem fundo de uma intimidade suspensa, nos escapa e indaga quem somos ou quantos somos. Mas a importância da resposta se apaga na busca. Uma riqueza de interesses toma lugar e emerge outra interrogação: Quem mais podemos libertar em nós? Mario de Andrade dizia ser apenas trezentos e cinquenta, o mais ele desprezava. OUTRO(S) DE MIM é um exercício gangorra: desconhecer, conhecer, reconhecer o enigma que nos constitui. É o espaço vazio que ultrapassa qualquer interrogação e atinge uma estética atemporal sem passado, presente e futuro. Um lugar novo, porta em si, jamais capturado. Um salto para o poético de cada instante.
Intervenções poéticas: Lenira Fleck, Liana Timm e Graça Nunes (direção)

PINTURAS TECIDAS ALENYR ÁVILA
sala anexa

O trabalho de Alenyr Ávila é composto de pinturas que poderíamos tentar enquadrar dentro de movimentos como o Abstrato Geométrico ou o Neo-construtivismo Abstrato, ou ainda em uma proposta de desmaterialização da matéria. Entretanto o que podemos afirmar é que se trata de uma nova série de pinturas em que transparece uma bela tecelagem de planos e cores, em um jogo rítmico muito particular. O processo de criação da artista passa por diversas etapas: primeiro, a paciente pintura das superfícies; depois vêm os cortes, a dilaceração completa do plano pictórico, reduzido a um amontoado de tiras multicores; por último, a recostrução, um trabalho incessante de entrelaçamentos coloridos, tecendo novas relações de espaço. Ao buscar a linguagem da trama, Alenyr consegue a terceira dimensão, não a de caráter ilusório, como em qualquer obra pictórica, mas a real. O resultado é uma pintura repleta de sombras ‘clandestinas’, que enriquecem o conjunto. A obra de Alenyr nos proporciona um desses encontros reflexivos com a Arte que se dá no cruzamento de dois momentos: o do encerramento de seu processo de criação com a nossa subsequete investigação do seu significado.

NANOCERÂMICA BANDO DE BARRO
sala do arco

O Coletivo de Arte Bando de Barro apresenta a exposição Nanocerâmica 1° Edição, com obras em cerâmica de pequenas dimensões, realizadas por doze artistas. Participam da mostra: Alexandra Eckert, Antônio Augusto Bueno, Cinthia Sfoggia, Cláudia Flores, Eduardo Rick Martins, Lorena Steiner, Maryl Rodrigues, Rodi Núñez, Sabrina Blaschke, Silvia Argemi, Tamir Farina e Tereza Mello. O coletivo constitui-se de professores e de ex-professores do Instituto de Artes da UFRGS, da Feevale e Ulbra, de alunos e ex-alunos, pessoas interessadas em cerâmica. Segundo Ana Flores, “o Bando de Barro é amorfo (os integrantes são inconstantes), volátil e instável (os errantes vão e voltam) e, as vezes, ocioso (quando não temos vontade de fazer nada). O Bando não tem sede real ou virtual, mas sobrevive na nossa imaginação e acontece quando dá aquela vontade de trabalhar. Inicialmente formado por ceramistas, está sempre aberto a propostas marginais ou institucionais, desde que sejam ligeiramente decentes.”

Serviço:
Quarta no IAB – Artes Visuais – Abertura das exposições “Outros de mim”, Liana Timm; “Pinturas tecidas”, Alenyr Ávila e “Nanocerâmica”, Bando de Barro.
Dia 05/09, às 19h30
Solar do IAB (R. General Canabarro, 363)

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Revitalização do Viaduto Otávio Rocha em pauta no IAB RS

O evento será presencial e ocorre na quarta-feira (24/08), a partir das 19 horas, no Solar do IAB (Rua General Canabarro 363). A ideia é tratar da apresentação pública do projeto de revitalização para a sociedade e estruturar o debate com uma contextualização sobre a história do Viaduto e sua importância como Patrimônio para a cidade de Porto Alegre.

Leia Mais →

Outras Notícias