Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Divulgado vencedor do Concurso de Arquitetura para a sede administrativa da Câmara Municipal

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foi divulgado na noite desta quinta-feira (13/11) o resultado do Concurso Público Nacional de Arquitetura para a escolha do melhor projeto arquitetônico à construção do prédio anexo ao Palácio Aloísio Filho da Câmara Municipal de Porto Alegre. A cerimônia contou com a presença de representantes do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RS (CAURS), do Sindicato dos Arquitetos do RS (SAERGS) e do Sindicato dos Engenheiros do RS (SENGE RS). Dos 52 trabalhos apresentados vindos de quase todo o Brasil, cinco foram os finalistas O primeiro lugar coube ao arquiteto paulista Daniel Corsi da Silva, que ficará responsável pela execução final do projeto.
Confira os cinco projetos finalistas do primeiro ao quinto lugar.
1º Lugar – Daniel Corsi da Silva – São Paulo SP.
2º Lugar – João Gabriel Rosa Cordeiro – Curitiba PR.
3º Lugar –  Ricardo Felipe Gonçalves – São Paulo SP.
4º Lugar – Eder Rodrigues de Alencar – Brasília DF.
5º Lugar –  Isabela Maria Fiori – Curitiba PR.

Todos os trabalhos inscritos já estão expostos e podem ser conferidos no Espaço Cultural Tereza Franco, localizado no segundo andar da Câmara (Avenida Loureiro da Silva, 255, Centro Histórico).
O presidente do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB/RS), Thiago Holzmann da Silva, que coordenou o processo, disse que o concurso público ainda é uma novidade de escolha de projetos. “Ele privilegia a qualidade da proposta para um caso especifico”, disse Thiago. Revelou que, em todo o Brasil, 70 escritórios se inscreveram para o concurso. Holzmann elogiou a realização do processo por meio de concurso público, revelando que esta é uma antiga aspiração do Instituto, porque valoriza e qualifica o processo por apresentar maior transparência e segurança.
O presidente da Câmara, vereador Professor Garcia (PMDB), revelou que o valor  da premiação é de  R$ 70 mil para o primeiro colocado, que terá seu projeto executado. Lembrou ainda que a escolha de um projeto por meio de concurso é uma forma democrática, “ao contrário de outras modalidades de licitação, o concurso público permite que a escolha seja pela qualidade da proposta e não pelo menor preço", afirmou.
 

Fotos: Ederson Nunes e Sabrina Ortácio

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Outras Notícias