Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

IAB-RS Núcleo Rio Grande realiza manifesto de arquitetos e urbanistas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Os arquitetos e urbanistas do Rio Grande fizeram um manifesto aproveitando a passagem do Dia Mundial do Urbanismo, no qual tornam públicas suas preocupações com a qualidade de vida e integridade visual da cidade, e reclamam às autoridades providências a respeito. Leia abaixo: MANIFESTO DOS ARQUITETOS E URBANISTAS DO RIO GRANDE Os profissionais arquitetos e urbanistas do Rio Grande, na passagem do Dia Mundial do Urbanismo tornam públicas suas preocupações com alguns assuntos técnicos que diminuem a qualidade de vida e a integridade visual de nossa cidade, e propõem às autoridades às quais competem providências as seguintes iniciativas: – Visando alcançar uma melhor qualidade e eficiência no Planejamento Urbano, no momento em que a cidade está no limiar de uma nova fase de crescimento acelerado, que a municipalidade crie cargos de Arquiteto e Urbanista, abra concurso público para prover as vagas e nomeie os melhores classificados. – Para garantir a atuação democrática dos profissionais e propiciar a elaboração de melhores projetos de Urbanismo e/ou Paisagismo, que em convênio com o Instituto de Arquitetos do Brasil que detém o conhecimento e décadas de experiências bem sucedidas no assunto, a municipalidade abra Concursos Públicos de Projetos toda vez que o corpo técnico da Prefeitura Municipal não tenha condições de atender à demanda crescente. – Objetivando devolver a beleza às nossas praças, ruas e fachadas, históricas ou contemporâneas, que a municipalidade, em convênio com o Núcleo Cidade do Rio Grande do Instituto de Arquitetos do Brasil, crie um grupo de trabalho para estudar uma legislação atual e abrangente sobre Poluição Visual, a ser apresentada à Câmara Municipal e lá defendida por técnicos da área.
– Vislumbrando o incremento de tarefas atribuídas aos diversos Conselhos Municipais e tendo em vista o aporte de idéias e soluções técnicas que poderão ser propiciadas por Arquitetos e Urbanistas, que a municipalidade acolha a pretensão do Núcleo Cidade do Rio Grande do Instituto de Arquitetos do Brasil de nomear profissionais dessas formações para integrar aqueles colegiados em que couber.
– Pretendendo melhor instrumentar a nossa Universidade para enfrentar os desafios constantes de adequação dos seus espaços físicos, que a Fundação Universidade do Rio Grande, defina vagas e crie concursos públicos para preenche-las nas áreas de Arquitetura e Urbanismo.
No momento histórico em que está já em pleno vigor, e sendo aplicado, o Estatuto da Cidade, criado pela Lei nº. 10.257 de 10 de julho de 2001, este é o Manifesto dos Arquitetos e Urbanistas da Cidade do Rio Grande, no afã de garantir o crescimento sustentável de nosso município, de propiciar aos cidadãos uma melhor qualidade de vida e colaborar para a elevação da auto-estima dos rio-grandinos.
Rio Grande, 8 de novembro de 2004.
O manifesto foi datado de 8 de novembro, data na qual se comemorou o Dia Mundial do Urbanismo. Foi lido e, portanto tornado público, na Audiência Pública sobre Urbanismo requerida pela vereadora Maria de Lourdes Lose, e que aconteceu na Câmara Municipal na tarde de 26 de novembro próximo findo. Foi lançado pelos arquitetos que constituem o Núcleo Cidade do Rio Grande do Instituto de Arquitetos do Brasil que representam a parcela organizada dos arquitetos de nossa cidade. Almejamos a publicação porque o manifesto tem colocações que sendo acatadas podem modificar para melhor a vida urbana de nossa comunidade, o que interessa a todos os munícipes e às lideranças da cidade do Rio Grande em particular.

IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

COMUNICADO DO IAB RS SOBRE O ESTADO DE CALAMIDADE CLIMÁTICA

O momento é grave e compreendemos que enquanto Instituto temos um trabalho de articulação de impacto a médio prazo, sendo provocadas e estruturadas redes que auxiliem nas questões habitacionais e de reestruturação das cidades, com projetos que considerem os riscos e impactos que os eventos climáticos tem gerado em nossas cidades, de modo mais frequente e de maior intensidade. Compreendendo a sensibilidade das questões ambientais, com a natureza impondo seus limites, frente às ocupações urbanas.

Leia Mais →

Outras Notícias

Nota pública em apoio às familias atingidas pelas enchentes no RS

O IAB-RS manifesta solidariedade às famílias atingidas pelas inundações e enchentes no Rio Grande do Sul. Os eventos de chuvas extremas estão se mostrando uma realidade com recorrência no nosso estado. O momento pede a soma de esforços de todos os setores da sociedade para ajudar aqueles que estão em situação de vulnerabilidade.

Leia Mais →

IAB RS participa da 178ª reunião do COSU

O correu em Aracaju, nos dias 22 e 24 de abril, o 1º Seminário Nacional de Arquitetura e Urbanismo do estado de Sergipe (ArqUrb.SE). Na sequência, entre os dias 25 e 27 de abril, foi realizada a 178ª Reunião do Conselho Superior do IAB (COSU), com abrangência nacional. Os dois eventos foram promovidos pelo Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Sergipe (IAB-SE) com apoio do IAB Nacional. O IAB RS esteve presente na reunião.

Leia Mais →

Primeira fase da requalificação da Avenida 25 de Julho em Flores da Cunha iniciará em maio

Flores da Cunha de cara nova: a partir do mês de maio, a principal via da cidade – que conecta o município de norte a sul – será requalificada. A iniciativa da administração municipal iniciou ainda em 2021, com o lançamento do Concurso Público Nacional “Avenida 25 de Julho”, realizado em parceria com o IAB RS, e apoio do CAU/RS e da ABAP, e resultou em um novo projeto estético e funcional para a Avenida 25 de Julho. Em função das chuvas, a prefeitura informou que a cerimônia de início da obra, com o lançamento da Pedra Fundamental, foi adiada, e nova data será divulgada em breve.

Leia Mais →

50 anos do retorno da democracia em Portugal e colônias africanas é celebrado com exposição no IAB RS

Em 25 de abril de 1974 Portugal retomava o regime democrático, após um longo período de ditadura iniciada em 1933. A chamada Revolução dos Cravos é relembrada, 50 anos depois, por meio de uma exposição organizada pelo Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Rio Grande do Sul (IAB RS) e a ADUFRGS Sindical, com apoio do Consulado Português, e curadoria de Airton Cattani e Daniela Fialho, que colecionou 47 cartazes de manifestações distribuídos nas ruas no período da revolução. A exposição segue aberta no Solar do IAB (Rua General Canabarro 363, Centro Histórico, em Porto Alegre), com visitação gratuita de segunda a sexta-feira, das 10h às 12h, e das 14h30 às 17h, até o dia 24 de maio.

Leia Mais →