Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

IAB-RS repudia invasão e demolição da AGAPAN

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O IAB-RS – Instituto dos Arquitetos do Brasil, Departamento Rio Grande do Sul torna público seu repúdio aos lamentáveis fatos que levaram à demolição da sede da AGAPAN – Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural, entidade gaúcha da qual nos orgulhamos, que há 40 anos vem defendendo o meio ambiente do Estado do Rio Grande do Sul e da sua Capital. Ocorrido ironicamente um dia após a data em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente – 5 de Junho –, o triste episódio nos faz pensar na situação dramática e preocupante do Brasil de hoje. Dramática porque, em razão do crescimento econômico ímpar experimentado pelo país, jamais na história se desrespeitou tanto o Meio Ambiente como agora. Pois exatamente quando as conseqüências do aquecimento global se fazem sentir para a massa de população do mundo, pela banalização de anomalias climáticas antes raras, os estarrecidos brasileiros sofrem uma onda reacionária anti-ambiental, que tem seu ponto alto no esquartejamento da legislação ambiental brasileira, em pleno andamento no Congresso Nacional. Não é mero acaso que líderes populares que reúnem a legitimidade social e a visão elevada de defesa do meio ambiente são sistematicamente perseguidos por todo o país e até barbaramente assassinados, como vimos no Estado do Pará. E, na mesma linha, manifestações pacíficas ambientais são atacadas com violência, como foi o caso em que um indivíduo desequilibrado e raivoso jogou seu carro sobre um grupo de ciclistas em nossa cidade de Porto Alegre, expressando em sua loucura uma postura ideológica reacionária contra toda manifestação em defesa da mudança e progresso social. A vertente reacionária, oportunista e corrupta da política brasileira tenta reverter o progresso social e obter poder pela defesa dos interesses mais escusos, mais irresponsáveis e mais prejudiciais ao progresso do país e ao seu futuro. O ambientalismo, identificado por setores das classes dominantes brasileiras como a maior ameaça à ordem social e econômica absurda e injusta que vivemos no país, é severamente atacado pelos órgãos da imprensa e seus articulistas. Nesse sentido, deve ser investigada a demolição da sede da AGAPAN, realizada por uma turma operária de invasores que, dotados apenas de um alvará para um estabelecimento alheio, puseram abaixo a pequena edificação que concentrava tanto simbolismo em sua função. Como se atreveram a demolir edificação em imóvel alheio sem licença? O atentado que sofreu a AGAPAN pode ser um simples exemplo de uma comédia de erros burocráticos e irresponsabilidade, mas não podemos deixar de assinalar o acontecido em um contexto preocupante que merece uma pronta resposta das forças democráticas da sociedade Brasileira, que precisa acordar para todo um contexto de ameaças à vida democrática e ao futuro do país. Os fatos mancham a tradição democrática conquistada pela comunidade porto-alegrense, afrontada por uma injusta agressão contra uma entidade reconhecida e respeitada internacionalmente como a AGAPAN. Carlos Alberto Sant’Ana Presidente do Departamento Rio Grande do Sul do Instituto de Arquitetos do Brasil Humberto Hickel Vice-Presidente do IAB-RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Outras Notícias