Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Meia República

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Meia República Todos são iguais perante a lei.
Perante a Lei Federal nº 5.194/66 nem todos são.
2005. Ano de eleições para Presidentes do CONFEA e dos CREAs, uma vez mais cumpre-se a Lei Federal nº 8.195/91, que dispõe sobre as eleições diretas para Presidentes dos Conselhos Federal e Regionais de Engenharia, Arquitetura e Agronomia. Esta Lei Federal alterou a Lei Federal n° 5.194, adequando, tardiamente, o conceito de república, para a eleição dos Presidentes, conforme o Artigo 1º, o qual estabelece que “Os Presidentes dos Conselhos Federal e Regionais de Engenharia, Arquitetura e Agronomia serão eleitos pelo voto direto e secreto dos profissionais registrados e em dia com suas obrigações para com os citados conselhos, podendo candidatar-se profissionais brasileiros habilitados de acordo com a Lei n° 5.194, de 24 de dezembro de 1966.” Teatro do absurdo, tal dispositivo legal aprofunda o fosso existente entre as eleições para Presidentes do CONFEA e dos CREAs e as eleições para Conselheiros Federais e Regionais. Os Plenários são constituídos por Conselheiros representantes das entidades de classe e das escolas e faculdades, segundo os Artigos 30, 31, 37, 38, 39, 40 e 41, caracterizados, portanto, por representações que ferem os princípios da Constituição Federal. O Artigo 14 da Carta Magna preceitua que “A soberania popular será exercida pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto, com valor igual para todos,…”, o que acentua a total superação da legislação profissional dos profissionais da engenharia, arquitetura, agronomia, geologia, geografia e meteorologia, disciplinada pela Lei Federal nº 5.194/66.
Meia República, portanto, é o que se pode depreender dos conceitos da legislação, ora em vigor, disciplinadora do exercício das profissões da área tecnológica, arrastando sobre elas o manto do desrespeito aos cidadãos profissionais e à Constituição Federal. Quem não for sócio de entidade de classe ou professor de escola e faculdade não poderá votar, nem se candidatar para Conselheiro.
Prevalece, pois, uma certa cumplicidade disfarçada: a Constituição Federal serve para todos, menos para alguns. Ou, noutras palavras, todos são iguais perante a lei, mas alguns nem tanto.
Não é outro, pois, o objetivo das Entidades Nacionais dos arquitetos e urbanistas, que propuseram uma nova regulamentação da profissão. Efetivamente, o Projeto de Lei nº 347/03 do Senado Federal, já aprovado por unanimidade e transformado no Projeto de Lei nº 4.747/05 da Câmara dos Deputados, vem corrigir para os arquitetos e urbanistas, em uma organização profissional oficial e própria, o conceito de república. Busca-se a superação de todas as atuais incongruências. Não há mais como suportar o conceito de Meia República da atual legislação em vigor.
Arq. José Albano Volkmer
presidente IAB-RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

IAB RS elege nova direção para o triênio 2023/2025

O Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul (IAB RS) elegeu no último sábado (26/11) a nova direção da entidade para o triênio 2023-2025. Foi eleita a chapa única denominada “IAB Cidade, Cultura e Sociedade”, encabeçada pela nova presidente do IAB RS,  Clarice Mizocsky de Oliveira. A arquiteta e urbanista divide a presidência com mais três lideranças femininas que integram a gestão compartilhada: Paula Silva Motta dos Santos, Nathalia Pereira Danezzi e Bruna Bergamaschi Tavares.

Leia Mais →

Eleição virtual no IAB RS será neste sábado (26/11)

A Assembleia Geral Ordinária de Eleições para o triênio 2023/2025, que vai definir a nova diretoria do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul (IAB RS), ocorrerá de forma virtual, no sábado dia 26 de novembro, das 9h às 21h. Vale lembrar que apenas associados arquitetos e urbanistas, em dia com a entidade, poderão participar do processo eleitoral. Também informamos que os núcleos do IAB RS no interior do Estado terão acesso somente a sua plataforma local.

Leia Mais →

Aos 96 anos, o arquiteto Emil Bered lança seu primeiro livro

Autor de várias edificações icônicas da paisagem urbana de Porto Alegre e do interior do Rio Grande do Sul, o arquiteto ex-presidente do IAB RS Emil Bered, de 96 anos, lança seu primeiro livro que apresenta a trajetória profissional e acadêmica, além de oferecer relatos, imagens e emoções de sua vida pessoal, associados a depoimentos de familiares e colegas de profissão. Será na quarta-feira (23/11), às 18h30min, no saguão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRGS.

Leia Mais →

Outras Notícias

Skate, estruturas e ATHIS são destaque no segundo dia da Trienal

O segundo dia da Trienal de Arquitetura e Urbanismo deu início às atividades no Multipalco do Theatro São Pedro. Na rua, os termômetros marcavam 30º, mas a sede do público era apenas por conhecimento. Os temas principais da quinta-feira rodearam os universos do ensino, das estruturas arquitetônicas, da inovação, e claro, da Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social (ATHIS).

Leia Mais →

Solar do IAB RS recebe programação da Trienal de Arquitetura e Urbanismo

Porto Alegre acordou ensolarada para a abertura da Trienal de Arquitetura e Urbanismo, uma realização do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU/RS). Entre os dias 16 e 19 de novembro, a capital gaúcha sediará um grande evento – gratuito – não apenas para profissionais e estudantes de Arquitetura e Urbanismo, mas para todos os que amam e vivem a cidade, a cultura e a arte.

Leia Mais →