Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Morre o Arquiteto Murilo Marx

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Arquiteto Murillo de Azevedo Marx, professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP e colaborador do Conselho Nacional de Arquivo, morreu sábado, dia 16 de abril.

(http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/mortes/) Metódico e acostumado a trabalhar cerca de 14 horas por dia, era também cordial e de postura positiva com a vida, lembra o irmão, Arturo. Marx nasceu no Rio de Janeiro. Formou-se em arquitetura em 1968. Fez ainda mestrado (1980), doutorado (1984) e pós-doutorado (1991).

A tese de livre-docência, “Nosso Chão: Do Sagrado Ao Profano”, de 1987, virou livro. Marx foi diretor do IEB (Instituto de Estudos Brasileiros), do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP, do DPH (Departamento do Patrimônio Histórico), vice-presidente do Condephaat e conselheiro da Pinacoteca.

Toda a sua formação acadêmica foi feita na USP, onde seu avô, Fernando de Azevedo, teve papel importante como educador, diretor da Faculdade de Filosofia da USP e membro da Academia Brasileira de Letras (ABL). Aos 65, dava aulas para a graduação e a pós. Muito ativo, participou de mais de 300 bancas – o último seminário que abriu foi na terça, dia 12 de abril.

Missa de sétimo dia para o Professor Murillo Marx
Dia 25 de abril, 2ª feira, às 19h
Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro,
Rua Honório Líbero, 100 – Jardim Paulistano
São Paulo, SP

Com informações da Folha

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Outras Notícias