Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Patrimônio Profissional – artigo do arquiteto Abraham Lincoln

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O arquiteto Abraham Lincoln, do IAB-RS Região Basalto, de Nova Prata, redigiu um texto intitulado “Patrimônio Profissional”. Leia abaixo: Patrimônio Profissional Apesar do patrimônio ser algo que buscamos ao longo de nossas vidas, existe sempre, e não é raro, a possibilidade de perdê-lo de uma hora para outra. É claro que a perda pode ser traduzida por uma razão inerente a nossa vontade, o que torna ainda mais dolorosa a perda do patrimônio. Mas há um certo patrimônio que não é mensurável, não é quantificado em números ou valores. É o patrimônio que temos dentro de nós e, no nosso caso, é aquilo que adquirimos ao longo de anos de estudo e de vivência na profissão. É o patrimônio profissional. É isso mesmo. A nossa profissão é o único patrimônio que temos e que é inteiramente intocável pelos outros. Podemos perder tudo, mas “o fato de sermos arquitetos” não perderemos por vontade alheia. Até mesmo depois de morrermos, o nosso patrimônio continua sendo valorizado. Pois o que estamos assistindo nos dias de hoje é o maior ultraje feito contra nós como profissionais que somos. Estão nos roubando de dentro de nós a capacidade de sermos o que somos. Arquitetos. Estão nos tirando aos poucos aquilo que é inerente ao nosso estado profissional. Não demorará e seremos, talvez, meros compositores de fachada. Hoje nos tiram o direito sobre um item da nossa profissão que está lá no canto. Mas é nosso. E amanhã? O que será que vão nos tirar? Talvez não me deixem escolher sequer a cor da casa do meu filho.
Qual será o ponto que temos que atingir para que acordemos como entidade e como profissionais?
Estão nos roubando aquilo que temos de mais valioso em nós. A nossa profissão. Ou alguém já sabe como se vive sem uma profissão?
Ou acordamos agora ou não será mais preciso acordar.
E, se sabemos que sozinho somos pequenos.
Há, obrigatoriamente, a necessidade de nos aliarmos contra tudo e todos que nos roubam descaradamente o nosso patrimônio maior.
Há, necessariamente, a obrigação de defendermos a nossa profissão como sendo o estado maior de nossas vidas.
Há, no mais nobre dos instintos, a grandeza de valorizarmos a arquitetura.
Há, na maior grandeza, o nobre instinto de nos valorizarmos dentro da arquitetura.
Arqº Abraham Lincoln
IAB Basalto

IAB - RS

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

COMUNICADO DO IAB RS SOBRE O ESTADO DE CALAMIDADE CLIMÁTICA

O momento é grave e compreendemos que enquanto Instituto temos um trabalho de articulação de impacto a médio prazo, sendo provocadas e estruturadas redes que auxiliem nas questões habitacionais e de reestruturação das cidades, com projetos que considerem os riscos e impactos que os eventos climáticos tem gerado em nossas cidades, de modo mais frequente e de maior intensidade. Compreendendo a sensibilidade das questões ambientais, com a natureza impondo seus limites, frente às ocupações urbanas.

Leia Mais →

Outras Notícias

Nota pública em apoio às familias atingidas pelas enchentes no RS

O IAB-RS manifesta solidariedade às famílias atingidas pelas inundações e enchentes no Rio Grande do Sul. Os eventos de chuvas extremas estão se mostrando uma realidade com recorrência no nosso estado. O momento pede a soma de esforços de todos os setores da sociedade para ajudar aqueles que estão em situação de vulnerabilidade.

Leia Mais →

IAB RS participa da 178ª reunião do COSU

O correu em Aracaju, nos dias 22 e 24 de abril, o 1º Seminário Nacional de Arquitetura e Urbanismo do estado de Sergipe (ArqUrb.SE). Na sequência, entre os dias 25 e 27 de abril, foi realizada a 178ª Reunião do Conselho Superior do IAB (COSU), com abrangência nacional. Os dois eventos foram promovidos pelo Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Sergipe (IAB-SE) com apoio do IAB Nacional. O IAB RS esteve presente na reunião.

Leia Mais →

Primeira fase da requalificação da Avenida 25 de Julho em Flores da Cunha iniciará em maio

Flores da Cunha de cara nova: a partir do mês de maio, a principal via da cidade – que conecta o município de norte a sul – será requalificada. A iniciativa da administração municipal iniciou ainda em 2021, com o lançamento do Concurso Público Nacional “Avenida 25 de Julho”, realizado em parceria com o IAB RS, e apoio do CAU/RS e da ABAP, e resultou em um novo projeto estético e funcional para a Avenida 25 de Julho. Em função das chuvas, a prefeitura informou que a cerimônia de início da obra, com o lançamento da Pedra Fundamental, foi adiada, e nova data será divulgada em breve.

Leia Mais →

50 anos do retorno da democracia em Portugal e colônias africanas é celebrado com exposição no IAB RS

Em 25 de abril de 1974 Portugal retomava o regime democrático, após um longo período de ditadura iniciada em 1933. A chamada Revolução dos Cravos é relembrada, 50 anos depois, por meio de uma exposição organizada pelo Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Rio Grande do Sul (IAB RS) e a ADUFRGS Sindical, com apoio do Consulado Português, e curadoria de Airton Cattani e Daniela Fialho, que colecionou 47 cartazes de manifestações distribuídos nas ruas no período da revolução. A exposição segue aberta no Solar do IAB (Rua General Canabarro 363, Centro Histórico, em Porto Alegre), com visitação gratuita de segunda a sexta-feira, das 10h às 12h, e das 14h30 às 17h, até o dia 24 de maio.

Leia Mais →