Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Relato – Comissão de Revisão do Código de Edificações

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

ref: histórico e resumo dos trabalhos já efetuados. A partir do ano de 2002, ainda na Administração do Prefeito Raul Pont, as entidades ligadas a área da Arquitetura e Engenharia Civil, em especial o IAB/RS, SAERGS, ASBEA, SERGS, SENGE e SINDUSCON, tendo em vista a demora excessiva para se aprovar um projeto arquitetônico e a vigência do novo Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano e Ambiental, L.C. 343/99 e as várias contradições entre este e o Código de Edificações, L.C. 284/92, passaram a pressionar a administração municipal para proceder uma revisão no dito código. Fruto desta ação, ja sob o mandato do Prefeito Tarso Genro estabeleceu-se a data de 30/08/2001 para a realização de um seminário cuja pauta seria: Diretrizes Para a Revisão do Código de Edificações. O Seminário foi realizado na data aprazada no auditório da AMRGS com a participação do Prefeito, Vice Prefeito, Secretário da Smov, Câmara Municipal, Procuradoria Geral do Município e Entidades Promotoras, alem da presença dos Técnicos da SMOV e SPM. Concluidos os trabalhos chegou-se a constatação que a causa do problema do tempo de aprovação dos projetos arquitetônicos resultavam de duas vertentes: 1ª – do Código de Edificações ultrapassado, por demais detelhista,paternalista, retirando do autor do projeto a sua ligítima responsabilidade, devendo portanto ser o mesmo revisado e alterado; 2ª – deveria, igualmente, ser revisado e alterado o roteiro de tramitação e procedimentos administrativos que o processo de aprovação de projeto cumpria até o seu despacho, trabalho este que a SMOV e SPM ja estavam realizando (REDESENHO), estando o mesmo na fase de diagnóstico do roteiro atual e com previsão para sua implantação total até meados de 2003. Para a revisão do C.E. foi então criada a Comissão de Revisão do Código de Edificações – CRCE com participação pela PMPA das Secretarias de Obras e Viação, do Planejamento, do Meio Ambiente e Procuradoria Geral do Município e pelas entidades representadas pelo IAB/RS, SAERGS, ASBEA, SERGS, SENGE/RS e SINDUSCON, vindo mais tarde a participar a Comissão de acessibilidade.
A primeira reunião foi realizada em 11/10/2001, na qual foi elaborado e aprovado o Regimento Interno da CRCE e estabelecido que as reuniões seriam, a partir desta, bimensais. Desde então já foram realizadas 20 reuniões nas quais foram analisados e revisados os Títulos I ao IX do atual C.E. que trata dos seguintes assuntos:
I – Objetivo do Código de Edificações;
II – Definições, Siglas e Abreviaturas;
III – Classificações das Edificações;
IV – Responsabilidades;
V – Normas Administrativas;
VI – Obrigações a Serem Cumpridas Durante a Execução das Obras;
VII – Condições Gerais Relativas ao Terreno;
VIII – Materiais e Elementos da Construção;
IX – Circulações.
Em 21/08/2002, 19ª Reunião, de comum acordo, combinou-se um lapso de 21 dias para fazer-se uma retrospectiva e analisar se os rumos que estavam tomando os trabalhos atendiam os objetivos iniciais propostos. Chegou-se a conclusão que a revisão muito pouco estava avançando em termos de simplificação. Surgiu então a proposta, aceita por unanimidade, que a revisão do código seguiria normalmente e que resultaria numa estrutura completa do mesmo, mas que, através de Decreto Regulamentar, seriam destacados os artigos referentes as matérias mais importantes visando manter os níveis mínimos de qualidade nas edeficações, que é o objetivo básico do C.E., os quais a SALP/SMOV irá revisar na aprovação do prjeto e que a SVP/SMOV irá cobrar quando da vistoria da obra executada, ficando a observância do restante da matéria do C.E. sob inteira responsabilidade dos técnicos executantes dos projetos e da obra.
Arq. José Carlos P. da Rosa
Comissão de Revisão do Código de Edificações Porto Alegre, 17 de setembro de 2002

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

NOTA PÚBLICA SOBRE OS PROCESSOS DE IMPUGNAÇÃO NAS ELEIÇÕS PARA O CMDUA.

O IAB-RS expressa preocupação em relação à ausência de registro dos pedidos de impugnação apresentados pelo instituto no âmbito do processo eleitoral das entidades de classe ligadas ao planejamento urbano no Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Ambiental (CMDUA). Conforme o cronograma estabelecido no edital 006/2023, utilizando os critérios estipulados no item 2.11 do referido edital, foi emitido um documento elencando 23 entidades que não demonstram caráter de atividades relacionadas ao planejamento urbano. Isso ocorreu após análise apropriada e indicação da regularidade dessas entidades para participação nas eleições do CMDUA.

Leia Mais →

Arquitetos vencedores do concurso de requalificação do Lago Joaquina apresentam projeto

Na tarde desta quarta-feira (10), os arquitetos e urbanistas do escritório OCRE, vencedores do Concurso Público Nacional de Arquitetura da Paisagem para Requalificação do entorno do Lago Joaquina Rita Bier, receberam a premiação de R$50 mil, assinaram o contrato de realização do projeto executivo e apresentaram a proposta vencedora para membros da Administração Municipal e comunidade.

Leia Mais →

Revelados os vencedores do Prêmio IAB-RS etapa estadual

Durante a Noite da Arquitetura, evento promovido pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul (CAU/RS), foram revelados os vencedores do prêmio IAB-RS José Albano Volkmer para as turmas de 2022. O evento foi marcado, também, pela posse do conselho do CAU/RS para o triênio 2024-2026.

Leia Mais →

Outras Notícias

IAB-RS assina acordo para consultoria no programa RS Seguro COMunidade

O Governador do Estado, Eduardo Leite, lançou, na manhã do dia 15 de dezembro, o programa RS Seguro COMunidade, no Palácio Piratini, em Porto Alegre. Desenvolvido no âmbito do RS Seguro, a iniciativa integra o eixo voltado para políticas sociais preventivas e transversais, cujo foco de atuação são os territórios em situação de vulnerabilidade socioeconômica e com indicadores elevados de crimes violentos letais e intencionais, consumados ou tentados. O o IAB-RS realizará três concursos nacionais, em que serão selecionados projetos urbanísticos integrados para três localidades: Umbu, Rubem Berta e Santa Tereza.

Leia Mais →

ARQUITETOS DE PORTO ALEGRE VENCEM CONCURSO QUE IRÁ REQUALIFICAR LAGO JOAQUINA RITA BIER EM GRAMADO

Na noite desta quarta-feira (13/12) foi realizada em Porto Alegre a cerimônia de divulgação dos vencedores do “Concurso Público Nacional de Arquitetura da Paisagem para Requalificação do entorno do Lago Joaquina Rita Bier em Gramado, RS”, promovido pela Prefeitura Municipal de Gramado (RS) com organização do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul (IAB-RS) e apoio da Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (ABAP) e do IAB-RS Núcleo Hortênsias. Os grandes vencedores da noite foram os arquitetos e urbanistas Thiago Yuuki Kajiwara, Ananda Maciel Oliveira e Diego Flamia, do escritório OCRE Arquitetura, de Porto Alegre.

Leia Mais →

Prêmio IAB-RS recebe inscrições até o dia 13 de dezembro

Arquitetos e urbanistas das turmas de 2022 têm até as 23h59 do dia 13 de dezembro para inscrever o seu trabalho de conclusão de curso (TCC) no prêmio IAB-RS José Albano Volkmer, edição 2023. A iniciativa, concebida em parceria com o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul (CAU/RS), premiará as ideias mais inovadoras e seus projetos inspiradores.

Leia Mais →

Resultado do Julgamento do Concurso de Arquitetura da Paisagem para Requalificação do entorno do Lago Joaquina Rita Bier será divulgado no dia 13/12

A Prefeitura de Gramado (RS) e o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB RS) promovem na quarta-feira (13/12) a cerimônia de divulgação do resultado do julgamento das propostas para o “Concurso Público Nacional de Arquitetura da Paisagem para Requalificação do entorno do Lago Joaquina Rita Bier em Gramado, RS”. Haverá transmissão ao vivo pelo canal do IAB RS no YouTube, diretamente da sede do IAB RS, em Porto Alegre, a partir das 19 horas, com a participação de membros do Executivo Municipal de Gramado.

Leia Mais →