Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Seminário Q+50 – Participação, Planejamento e Projeto em discussão no segundo dia do Seminário Quitandinha

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
O segundo dia do seminário Quitandinha, realizado entre 5 e 7 de abril na cidade de Rio Grande (RS) teve como pauta “Participação, Planejamento e Projeto”. A mediação da primeira mesa redonda foi do arquiteto e urbanista gaúcho Clóvis Ilgenfritz da Silva, que salientou a importância e o marco que foi seminário Quintadinha , realizado nos anos 60.
O arquiteto argentino radicado em Recife Roberto Guione (PE) abriu sua fala dizendo que a casa é um produto, um objeto de consumo, mas também pode ser vista como um processo que permite a reintegração social da população mais necessitada, cansada de ter condições mínimas de moradia.  Guione acredita que quando pensamos a moradia como produto, pensamos nos autores independentes, pensamos nas famílias que vão financiar esse produto, e também nas normas e condições de fazer a moradia. Os arquitetos muitas vezes entram neste processo fazendo o projeto dentro das condições possíveis. Para ele, fazer cidades e moradias é integrar as culturas, pessoas e serviços, com planejamento. “Assim, a ideologia é fundamental neste processo de pensar a cidade”, observou Guione.
Julio Dornelles, Coordenador Geral da Federação das Associações de Municípios do RS (Famurgs), trouxe para o seminário temas urbanos dos municípios gaúchos. Ele informou que a FAMURS tem um sistema de rodízio com prefeitos, que traz uma visão mais ampla da administração das cidades.  Dornelles citou ações como assessoria técnica aos municípios e o núcleo de projetos e convênios para ajudar na elaboração de planos municipais. Recentemente a FAMURS fez uma pesquisa com novos prefeitos no Estado apontando que as cidades enfrentam problemas com habitação, saúde, saneamento. Para enfrentar esses problemas, os municípios com até cinco mil habitantes contam exclusivamente com recursos do Governo Federal. “Eles não têm receita própria para planejar esses investimentos”, destacou. Os recursos próprios municipais, na melhor das situações está próximo aos 5% para investimento em todas as áreas, por isso a dependência total da união.
O arquiteto Demetre Anastassakis (RJ) abordou a habitação prêt-à-porter e a ineficácia do direito do consumidor dentro do tema habitação. Estamos avançando na habitação prêt-à-porter rumo à industrialização, mas estamos muito longe de ter um direito de consumidor justo para as famílias. Ele também aproveitou para fazer uma breve análise de projetos como Vila Kennedy e Cidade de Deus, que para ele, são modelos importados que trouxeram uma  ideologia segregacionista reforçada pelo regime militar. “Para o governo da época o formato de Vila era inapropriado, porque incentivava o convívio e a troca de ideias, ou seja, um sistema visto como comunista”, afirmou. Anastassakis criticou que depois desses modelos, o Brasil passou para a construção de prédios em grande escala, deixando de lado projetos intermediários de moradia.  Sobre o modelo Minha Casa Minha Vida, o arquiteto diz que é inadequado a adoção de padrões e sua repetição indiscriminada, e lamenta a imposição destes modelos à população.  “Além de tudo, são construções caras, isso é crueldade”, opinou. “A arquitetura é a felicidade do bem viver”, acrescentou Anastassakis, citando frase do ex presidente Lula em um evento sobre habitação.
Roberto Ghione
Arquiteto pela Universidad Nacional de Córdoba, Argentina, especializado em Historia e Crítica da Arquitetura. Trabalhou junto à Secretaria de Desenvolvimento Urbano e na Direção de Planejamento Urbano da Municipalidade de Córdoba. Tem escritório em Recife e atua em projetos com diversas premiações.
Julio Dorneles
Teólogo e historiador, especialista em Administração Pública, Coordenador-geral da Federação das Associações de Municípios do Estado do Rio Grande do Sul – FAMURS, com atuação na área da saúde, do saneamento e do meio ambiente na região metropolitana de Porto Alegre.
Demetre Anastassakis
Arquiteto e Urbanista pela UFRJ em 1973, pós graduação em planejamento urbano e regional com larga experiência e premiações em projetos para habitação popular e reurbanização de favelas. Ex Presidente do IAB RJ e do IAB nacional. Vice Presidente do SINAENCO RJ.

Clique nos nomes dos palestrantes e acesse as apresentações realizadas no Semináro:
Julio Dorneles
Demetre Anastassakis

Confira outras notícias sobre o Seminário:
Seminário Q+50 – Sergio Magalhães fala sobre Habitação e a Cidade Democrática
Seminário Q+50 – Mesa redonda aborda Moradia Brasileira

Abertura do Q+50 reúne arquitetos de todo o Brasil em Rio Grande
Seminário Q+50 traz palestra sobre Planejamento e Participação – o caso de Rosario, Argentina

Parceiros:

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Solar do IAB-RS ganha restauro da fachada

Quem por muitos anos cruzou pela esquina da Rua Riachuelo com a Rua General Canabarro, no Centro Histórico de Porto Alegre, notava parte do antigo casarão escondido em seus tapumes. Pois o cenário desse cruzamento está prestes a mudar. O Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul (IAB-RS) começou esta semana o restauro tão esperado da fachada de seu Solar, que já foi morada do Conde de Porto Alegre entre 1855 e 1875.

Leia Mais →

IAB RS elege nova direção para o triênio 2023/2025

O Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul (IAB RS) elegeu no último sábado (26/11) a nova direção da entidade para o triênio 2023-2025. Foi eleita a chapa única denominada “IAB Cidade, Cultura e Sociedade”, encabeçada pela nova presidente do IAB RS,  Clarice Mizocsky de Oliveira. A arquiteta e urbanista divide a presidência com mais três lideranças femininas que integram a gestão compartilhada: Paula Silva Motta dos Santos, Nathalia Pereira Danezzi e Bruna Bergamaschi Tavares.

Leia Mais →

Eleição virtual no IAB RS será neste sábado (26/11)

A Assembleia Geral Ordinária de Eleições para o triênio 2023/2025, que vai definir a nova diretoria do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul (IAB RS), ocorrerá de forma virtual, no sábado dia 26 de novembro, das 9h às 21h. Vale lembrar que apenas associados arquitetos e urbanistas, em dia com a entidade, poderão participar do processo eleitoral. Também informamos que os núcleos do IAB RS no interior do Estado terão acesso somente a sua plataforma local.

Leia Mais →

Outras Notícias

Aos 96 anos, o arquiteto Emil Bered lança seu primeiro livro

Autor de várias edificações icônicas da paisagem urbana de Porto Alegre e do interior do Rio Grande do Sul, o arquiteto ex-presidente do IAB RS Emil Bered, de 96 anos, lança seu primeiro livro que apresenta a trajetória profissional e acadêmica, além de oferecer relatos, imagens e emoções de sua vida pessoal, associados a depoimentos de familiares e colegas de profissão. Será na quarta-feira (23/11), às 18h30min, no saguão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRGS.

Leia Mais →