Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Projetos do transporte coletivo de Porto Alegre são debatidos no IAB

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Os projetos apresentados pela Prefeitura que alteram o sistema de transporte coletivo em Porto Alegre foram tema do Solar do IAB no dia 4 de março. O evento teve casa cheia e marcou a abertura da atividade, que em 2020 volta a ser realizada nas quartas-feiras.

O debate teve início com apresentação de Rafael Calabria, coordenador do Programa de Mobilidade Urbana do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), listando as propostas. Ele avalia como positiva a iniciativa de pautar o tema, contudo, pondera como “muito ruim” a apresentação dos projetos de lei apenas dois dias antes da convocação do Legislativo para a votação. “Considerando que a ideia é boa, suja a imagem da ideia”, completa.
 


Após pressão de parte dos vereadores e da sociedade, os projetos foram retirados de pauta e só serão apreciados após a realização de audiências públicas. A primeira acontece nesta quinta-feira, dia 5 de março, e a segunda no dia 16 de março, uma segunda-feira – ambas na Câmara Municipal, com início às 19h.

O único projeto de lei apreciado – e já rejeitado – pelo Legislativo tratava da redução gradual de cobradores nas linhas de ônibus da Capital. Calabria explica que, para isso acontecer, é preciso que o município disponha de uma rede de bilhetagem que substitua totalmente o cobrador. “Quem usa transporte público sabe que eles não fazem somente a função de cobrador”, sustenta.

Sobre as propostas que seguem tramitando, Calabria destaca a taxa de congestionamento – que, conforme o modelo proposto, cria uma espécie de pedágio urbano, cobrando para veículos de outras cidades ingressarem em Porto Alegre. Para ele, a ideia “é totalmente coerente com a proposta de reduzir o uso de carro”, mas se transforma em problema ao penalizar moradores de outros municípios, especialmente da Região Metropolitana. “Falta planejamento metropolitano de transporte”, conclui.

Neste ponto, a gerente de Mobilidade Urbana da WRI Brasil, Cristina Albuquerque, defende o debate em torno de maneiras de qualificar o projeto, por exemplo a integração da Região Metropolitana como forma de reduzir custos do sistema. “Estudos preliminares (indicam que) poderia reduzir 20% os custos do transporte integrando o sistema metropolitano”, conta.

Outra possibilidade é a gestão dos estacionamentos da cidade. “Por mais que não baixe a tarifa propriamente dita (do ônibus), é um desincentivo ao uso do carro, também preconizado na Política Nacional de Mobilidade Urbana, o que pode trazer mais pessoas para o sistema de transporte coletivo”, defende Albuquerque.

 

Tanto Cristina Albuquerque quanto Rafael Calabria destacaram a necessidade de debater amplamente as propostas com a população, especialmente com os cidadãos que utilizam os ônibus no dia a dia e que serão impactados por qualquer medida adotada pelo poder público.

A mesa contou também com participação do presidente do IAB RS, Rafael Passos, que classifica os projetos apresentados pelo Executivo como “inoportunos”. “As justificativas são questionáveis, mal elaboradas e não trazem os dados técnicos necessários para a análise do impacto desses subsídios”, aponta.

Passos chama atenção para outro aspecto do debate, que é a necessidade de um redesenho do do transporte coletivo. “A cidade tem um déficit de planejamento urbano, o transporte é um aspecto”, define.

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

IAB RS elege nova direção para o triênio 2023/2025

O Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul (IAB RS) elegeu no último sábado (26/11) a nova direção da entidade para o triênio 2023-2025. Foi eleita a chapa única denominada “IAB Cidade, Cultura e Sociedade”, encabeçada pela nova presidente do IAB RS,  Clarice Mizocsky de Oliveira. A arquiteta e urbanista divide a presidência com mais três lideranças femininas que integram a gestão compartilhada: Paula Silva Motta dos Santos, Nathalia Pereira Danezzi e Bruna Bergamaschi Tavares.

Leia Mais →

Eleição virtual no IAB RS será neste sábado (26/11)

A Assembleia Geral Ordinária de Eleições para o triênio 2023/2025, que vai definir a nova diretoria do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul (IAB RS), ocorrerá de forma virtual, no sábado dia 26 de novembro, das 9h às 21h. Vale lembrar que apenas associados arquitetos e urbanistas, em dia com a entidade, poderão participar do processo eleitoral. Também informamos que os núcleos do IAB RS no interior do Estado terão acesso somente a sua plataforma local.

Leia Mais →

Aos 96 anos, o arquiteto Emil Bered lança seu primeiro livro

Autor de várias edificações icônicas da paisagem urbana de Porto Alegre e do interior do Rio Grande do Sul, o arquiteto ex-presidente do IAB RS Emil Bered, de 96 anos, lança seu primeiro livro que apresenta a trajetória profissional e acadêmica, além de oferecer relatos, imagens e emoções de sua vida pessoal, associados a depoimentos de familiares e colegas de profissão. Será na quarta-feira (23/11), às 18h30min, no saguão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRGS.

Leia Mais →

Outras Notícias

Skate, estruturas e ATHIS são destaque no segundo dia da Trienal

O segundo dia da Trienal de Arquitetura e Urbanismo deu início às atividades no Multipalco do Theatro São Pedro. Na rua, os termômetros marcavam 30º, mas a sede do público era apenas por conhecimento. Os temas principais da quinta-feira rodearam os universos do ensino, das estruturas arquitetônicas, da inovação, e claro, da Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social (ATHIS).

Leia Mais →