Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Q+50 inicia nesta semana no Rio de Janeiro

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) e o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) promovem, entre os dias 27 de fevereiro e 1º de março, o primeiro seminário do ciclo Q+50, que será realizado na sede do IAB no Rio de Janeiro e tem como tema “Arquitetura, Cidade, Metrópole – Democratizar Cidades Sustentáveis”.  O Q+50 visa a contribuir para o reforço da agenda política das cidades e das metrópoles brasileiras e também comemora os 50 anos do histórico Seminário Nacional de Habitação e Reforma Urbana, realizado no Hotel Quitandinha.
O evento original, reunindo arquitetos, cientistas sociais, economistas, advogados e outros profissionais, discutiu, pela primeira vez, o tema da reforma urbana, incluída então no contexto das reformas de base que empolgavam o país.Em 2013, novamente se convida a sociedade para discutir a cidade brasileira, tendo presente conceitos arquitetônicos-urbanísticos que evoluíram nestas cinco décadas, bem como o advento de novos paradigmas de desenvolvimento sustentável e de participação na construção de políticas públicas.
O ciclo de seminários será realizado, ao longo do ano, nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia e Amazonas, além do Distrito Federal. Para abrir o ciclo Q+50, no Rio, estão confirmados conferencistas com papel fundamental na discussão contemporânea das grandes cidades: o urbanista italiano Bernardo Secchi e o escritor indiano Suketu Mehta. Secchi, professor da Escola de Arquitetura de Veneza e um dos mais influentes urbanistas do mundo, foi um dos 10 arquitetos convidados pelo governo da França para o Concurso Grand Paris, projeto que prevê a transformação da Região Metropolitana de Paris. O italiano também fez planos para Roma, Londres e Madri, além de ser autor de livros como Prima Lezione di Urbanistica. O escritor Mehta, que dá aulas na Universidade de Nova York, é autor do premiado e aclamado pela crítica “Bombaim: Cidade Máxima”, livro escrito a partir de sua imersão no cotidiano de Mumbai, uma das cidades mais populosas do mundo. O documento é considerado um retrato fiel das cidades contemporâneas. A obra do indiano foi finalista do Prêmio Pulitzer de 2005 e esteve entre os melhores livros do ano segundo a revista The Economist, em 2004.
Outras atividades serão realizadas. Diversos temas serão discutidos em mesas redondas com a participação de nomes como o da socióloga Maria Alice Rezende de Carvalho, das arquitetas Margareth Pereira (RJ), Angela Gordilho Souza (BA) e Elisabete França (SP), do arquiteto Jorge Guilherme Francisconi (DF), do físico Luis Alberto Oliveira e do economista Mauro Osório. As discussões se aprofundarão em grupos de trabalho, que discutirão os temas “Democracia e cidade: serviços públicos, infraestrutura, moradia, saneamento”, “Ethos urbano e urbanidade: espaços públicos e coletivos, regionalidades espaciais e culturais, cultura urbana, ecologia” e “Movimentos urbanos e oportunidades: parcicipação social, novos atores sociais, planejamento participativo”.
Confira a programação do Q + 50 durante o ano:

Serviço:
Q + 50: Arquitetura, Cidade e Metrópole – Democratizar cidades sustentáveis
Local: sede do IAB-RJ
Endereço: Rua do Pinheiro, 10, Flamengo, Rio (esquina com Rua 2 de dezembro)
Inscrições: faça o download da ficha de inscrição, preencha e envie para o email: inscricaoq50@iabrj.org.br

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

Outras Notícias