Receba Newsletter

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Transação demolidora do bom senso

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
O IAB RS manifesta sua perplexidade com a “Transação Judicial” firmada entre o MP RS e os advogados da empresa Goldsztein, que autoriza a demolição de 3 dos 6 casarões da Rua Luciana de Abreu entre outras decisões questionáveis, irremediáveis e, em nosso entendimento, parciais e totalmente equivocadas.
Perplexidade porque, aparentemente, a tal “transação” não ouviu todas as partes envolvidas, apenas a empresa interessada no empreendimento. Afinal, se Ministério Público existe para defender a sociedade, porque ficou à margem da decisão os moradores e suas associações, os técnicos e suas entidades, os especialistas da área do patrimônio e o COMPAHC, as universidades, sem falar na massa de cidadãos que manifestou na rua e nas redes sociais seu apoio à preservação do patrimônio ambiental e edificado da cidade de Porto Alegre.
Perplexidade porque, ao que nos consta, o instrumento da “transação” não tem atribuição de legislar sobre o Plano Diretor municipal ou alterar determinações aeroviárias federais em benefício de particulares.
Perplexidade pela insistência da empresa em impor sua solução arquitetônica padrão “goela abaixo” de toda sociedade organizada e de suas instituições administrativas e jurídicas, mesmo que ao elevado custo de ver sua imagem seriamente prejudicada na opinião pública, no meio cultural e artístico e na mídia.
Perplexidade pela falta de sensibilidade da empresa e dos órgãos reguladores em buscar novas alternativas arquitetônicas e urbanísticas que estejam mais adequadas ao nosso tempo que exige preservação, sustentabilidade, inovação, novas alternativas e soluções mais arrojadas e inteligentes. Será por preguiça, por incompetência ou apenas por ganância mesmo?
E, finalmente, ficaremos ainda mais perplexos se a sociedade – moradores, técnicos, especialistas, professores, estudantes, trabalhadores, comerciantes… – calar diante desta “transação” arbitrária, parcial e equivocada. Neste sentido, o IAB RS coloca-se à disposição da sociedade para participar novamente deste novo esforço para a preservação da nossa história e da qualidade de nossa paisagem urbana.

Por: Diretoria Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB

Outras Notícias

IAB RS elege nova direção para o triênio 2023/2025

O Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul (IAB RS) elegeu no último sábado (26/11) a nova direção da entidade para o triênio 2023-2025. Foi eleita a chapa única denominada “IAB Cidade, Cultura e Sociedade”, encabeçada pela nova presidente do IAB RS,  Clarice Mizocsky de Oliveira. A arquiteta e urbanista divide a presidência com mais três lideranças femininas que integram a gestão compartilhada: Paula Silva Motta dos Santos, Nathalia Pereira Danezzi e Bruna Bergamaschi Tavares.

Leia Mais →

Eleição virtual no IAB RS será neste sábado (26/11)

A Assembleia Geral Ordinária de Eleições para o triênio 2023/2025, que vai definir a nova diretoria do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul (IAB RS), ocorrerá de forma virtual, no sábado dia 26 de novembro, das 9h às 21h. Vale lembrar que apenas associados arquitetos e urbanistas, em dia com a entidade, poderão participar do processo eleitoral. Também informamos que os núcleos do IAB RS no interior do Estado terão acesso somente a sua plataforma local.

Leia Mais →

Aos 96 anos, o arquiteto Emil Bered lança seu primeiro livro

Autor de várias edificações icônicas da paisagem urbana de Porto Alegre e do interior do Rio Grande do Sul, o arquiteto ex-presidente do IAB RS Emil Bered, de 96 anos, lança seu primeiro livro que apresenta a trajetória profissional e acadêmica, além de oferecer relatos, imagens e emoções de sua vida pessoal, associados a depoimentos de familiares e colegas de profissão. Será na quarta-feira (23/11), às 18h30min, no saguão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRGS.

Leia Mais →

Outras Notícias

Skate, estruturas e ATHIS são destaque no segundo dia da Trienal

O segundo dia da Trienal de Arquitetura e Urbanismo deu início às atividades no Multipalco do Theatro São Pedro. Na rua, os termômetros marcavam 30º, mas a sede do público era apenas por conhecimento. Os temas principais da quinta-feira rodearam os universos do ensino, das estruturas arquitetônicas, da inovação, e claro, da Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social (ATHIS).

Leia Mais →